Importância da alimentação pré-treino e pós-treino

alimentação pré e pós treino

A alimentação saudável é fundamental para garantir melhores resultados com a atividade física e as refeições antes e depois dos treinos são importantes em diversos aspectos.

Conheça, a seguir, as principais diferenças entre a alimentação pré-treino e pós-treino.

Importância da alimentação pré-treino e pós-treino

Durante a atividade física e também durante o período de recuperação após os exercícios, o metabolismo necessita de calorias e nutrientes adequados para realizar corretamente suas atividades.

Tanto a alimentação pré-treino quanto a alimentação pós-treino são fundamentais para garantir a energia necessária durante os exercícios, para evitar a degradação e o uso dos músculos como fonte de energia (catabolismo) e para auxiliar na recuperação do corpo após cada atividade.

No entanto, as necessidades de cada período são diferentes e também variam de acordo com o tipo de atividade física. A alimentação pré-treino tem como objetivo garantir a energia necessária durante os exercícios e também proteger os músculos evitando o catabolismo.

Já a alimentação pós-treino tem como objetivos a reposição de glicogênio muscular e a disponibilização dos nutrientes importantes para a recuperação e o crescimento dos músculos.

Veja, a seguir, algumas dicas para se ter uma alimentação pré-treino e pós-treino mais adequada:

Coma carboidratos saudáveis:

Na refeição pré-treino, o corpo precisa basicamente de carboidratos que tenham liberação mais rápida de energia para serem facilmente utilizados pelo metabolismo e que garantam melhor desempenho na atividade física. Na refeição pós-treino, podem-se utilizar os carboidratos de liberação mais lenta, ajudando na recuperação muscular e na reposição do glicogênio. Eles também são importantes antes dos treinos mais intensos ou longos, garantindo o desempenho.

Os carboidratos de alto índice glicêmico liberam energia de maneira rápida. Na refeição pré-treino, podem-se incluir alguns tipos de frutas, o mel, a batata-doce ou o arroz, por exemplo.

Os carboidratos de baixo índice glicêmico demoram mais tempo para serem digeridos e ajudam na manutenção da energia. Neste grupo podemos encontrar os alimentos ricos em fibras como os pães, o arroz e as bolachas integrais, assim como os cereais, as castanhas, os feijões, entre outros;

Coma proteínas saudáveis:

As proteínas são importantes tanto antes quanto após os exercícios, variando somente em quantidade e sendo maiores nas refeições pós-treino.

Além do consumo de glicose pelo metabolismo durante o treino, há também a utilização de diversos tipos de aminoácidos, sendo importante inserir fontes de proteínas nas refeições pré-treino. E na refeição pós-treino, a proteína ajuda na construção muscular e na recuperação dos músculos.

As fontes de proteínas saudáveis são as carnes magras, as aves, o leite, o iogurte, o queijo, os ovos, as castanhas, a aveia e os feijões, entre outros;

Faça uma hidratação adequada:

A hidratação corporal é fundamental para o bom desempenho durante o treino. Com o aumento da temperatura corporal, o organismo irá eliminar água e também perderá sais minerais.

Portanto, mantenha a hidratação antes e durante o treino. Beba bastante água e, se possível, faça o consumo de bebidas isotônicas que contêm eletrólitos para promover a reposição de sais minerais;

A alimentação pré-treino e pós-treino são fundamentais para ter melhores resultados durante a prática de atividades, assim como auxiliar na recuperação muscular.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar