Bodybuilding: Conheça a fundo sobre essa modalidade e estilo de vida!

A vida fitness realmente tomou conta de todo o país. O que mais têm são pessoas que usam e vivem das redes sociais para mostrarem os seus corpos sarados e malhados, além de oferecerem dicas e produtos diversos aos seguidores. Porém, uma profissão fitness que existe há muito tempo e continua bem forte atualmente é o bodybuilding.

Você, provavelmente, já ouviu falar do bodybuilding, mas com outro nome. Ou até já ouviu nesse exato nome, mas não está se lembrando direito. Se essa é sua situação, relaxe, este texto vai te explicar tudo sobre essa profissão. Confira nos próximos tópicos!

O que é?

O bodybuilding é uma modalidade esportiva de pessoas que usam o próprio corpo como forma de competição. No Brasil, ficou bem famoso usar o termo fisioculturista e é, mais ou menos, isso mesmo que significa esse tipo de esporte.

Os praticantes do bodybuilding participam de competições em que precisam mostrar o corpo forte, muito definido, equilibrado, além de exibir demonstrações de força, de resistência e outros tipos diferentes de competição.

Existem vários tipos diferentes de praticantes de bodybuilding, cada um especializado em uma área. O que é comum é o culto ao corpo perfeito, malhado, musculoso, equilibrado e mega definido. Como se fosse uma escultura em um laboratório de anatomia.

Bodybuilding no Brasil

Com o avanço do estilo fitness que tomou conta do mundo inteiro e também do Brasil, esse tipo de atleta e de competição começou a ficar mais famosa e mais presente por aqui. Atualmente, existem campeonatos regionais, estaduais e nacionais que mostram a força desses aletas, a dedicação e oferecem prêmios vultuosos.

As competições mais famosas no Brasil são o Campeonato Brasileiro de Fisioculturismo, o Arnold Classic Brazil e o Estreantes que é feito para quem está iniciando nessa profissão árdua de atleta de bodybuilding.

Todos esses campeonatos são organizados pela Federação Internacional de Culturismo e Fitness, a IFBB. Ela é uma importante instituição que fez esse esporte crescer e se desenvolver por todo o país.

Exercícios

Existem séries e mais séries de exercícios de bodybuilding. É até difícil descrever, porque cada dia o atleta investe em uma área e fortalece um tipo de parte do corpo dele. Os exercícios mais comuns são os de ciclo. Aquele que são dados vários exercícios e que devem ser feitos um logo após o outro em um tempo determinado.

Quanto mais rápido e mais repetições conseguir fazer, melhor é a condição física do atleta. Porém, não é somente esse tipo mais tradicional, existem outros vários, como o de puxar a maior quantidade de peso possível, os exercícios de corte que visam eliminação de massa gorda e outros vários.

bodybuilding

Feminino

O bodybuilding feminino também tem crescido bastante no país, com atletas espalhadas em todo o território nacional. Elas também participam das competições e estão cada vez mais presentes nas redes sociais e demais meios de comunicação.

O esporte no feminino funciona da mesma forma que o masculino. Tem as competições para saber qual corpo é mais perfeito e aquelas outras que prezam pelos exercícios, quantidade de peso e resistência da atleta.

Alimentação do bodybuilder

Além dos exercícios físicos, é preciso que o estilo de vida do bodybuilding mude completamente. Não tem essa mais de comer pizza ou hambúrguer, a alimentação é muito bem definida, com horários exatos e quantidades bem específicas.

A dieta é, basicamente, feita com base em proteínas e fibras. Além de poder ter alguma gordura ou carboidrato que seja bom e faça sentido para a dieta. No mais, muita água, boas noites de sono e exercícios pesados.

É esporte?

Sim, o bodybuilding é um esporte e daqueles que têm tudo para ser um dos principais do mundo inteiro em poucos anos. São muitos atletas que partem para essa modalidade todos os anos e em todo o planeta.

body building

Como ser um?

Para ser atleta de bodybuilding não é nada simples ou fácil. Você primeiro precisa ter uma equipe que de musculação ou pode ser uma já formada, normalmente nas grandes cidades, ou criar a sua própria.

A equipe tem que ter personal trainers, nutricionistas, nutrólogos, endocrinologistas e outros especialistas médicos e da educação física para você pode chegar a um corpo competitivo.

Quando estiver preparado, aí é preciso se inscrever nas competições regionais e estaduais até passar por elas, conseguir ir para a nacional e depois para as internacionais.

Se tiver ainda restado alguma dúvida sobre o bodybuilding, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar