3 erros cometidos na alimentação pré e pós treino

Sabemos que a alimentação é parte fundamental para quem pratica atividades físicas. E sabemos também que principalmente nos períodos pré e pós treino, devemos dar atenção redobrada aos nossos hábitos alimentares. Isto porque a ingestão pré treino é o que garante energia para que os músculos trabalhem direito e após os treinos garantem a regeneração muscular ideal.

Mas mesmo com todo este conhecimento, é muito comum cometermos erros básicos neste momento. Por isso preparamos esta lista de 3 erros para ficarem atentos:

comida-para-treino-musculacao

É obrigatória a alimentação sempre 30 minutos antes dos treinos

O erro desta condição é desconsiderar outras possibilidades em sua agenda alimentar. O ideal é se alimentar pelo menos 30 minutos antes dos treinos, mas não é qualquer tipo de alimento que está permitido ser ingerido com este horário de antecedência ao treino. É possível se alimentar, por exemplo, até duas horas antes das práticas. Basta ter atenção aos alimentos que ingere, por exemplo: caso tenha uma agenda apertada e lhe reste de uma hora à trinta minutos antes dos treinos para a ingestão, opte por carboidratos de alta absorção tais como pães integrais, torradas, frutas, iogurte e até mesmo um belo açaí ou salada de frutas acompanhado de grãos como granola, aveia e linhaça. Mas se tiver uma agenda com até duas horas livres antes dos treinos, opte por carboidratos complexos que demoram mais para serem absolvidos pelo organismo.

Quando o objetivo for emagrecimento, deve-se evitar carboidratos antes dos treinos

Mais uma vez um grande erro praticado. A ingestão de carboidratos pré treino, não evita apenas o catabolismo (perda de massa muscular, que alguns leem como consequente perda de peso), mas também aumenta o glicogênio muscular e hepático, importante para um bom rendimento muscular e evitar a sensação de fadiga. Lembre-se, até para a perda de peso, você precisa contar com o rendimento dos seus músculos, não é em sua massa magra que deve focar o seu emagrecimento.

Deve-se comer pouco no período pré-treino e muito após o treino

Errado para as duas afirmações! Sabemos que comer muito antes do treino prejudica o desempenho do atleta, mas isto não significa que está permitido ingerir poucos alimentos. O ideal é sempre buscar uma nutricionista para entender, de acordo com seu biótipo e tipo de treino, qual é a quantidade ideal de nutrientes que se deve ingerir antes dos treinos. Reparem que citamos nutrientes e não alimentos, isto porque, às vezes, consumimos os alimentos corretos mas na quantidade errada, causando um déficit de nutrientes no corpo.

O mesmo vale para a alimentação feita após o treino. É muito comum a sensação de grande fome pós prática, isto porque o corpo precisa repor a energia perdida durante as atividades. Mas fique atento, neste momento precisamos de uma atenção redobrada, pois o corpo age como uma esponja após os treinos absorvendo rapidamente todos os nutrientes que ingerimos. Isto significa que a ingestão dos alimentos errados tais como gorduras e açúcares, devem ser amplamente evitadas após os treinos. Opte por proteínas leves como frango e peixe.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar