Óleo de coco

Considerado um alimento da moda, o uso do óleo de coco cresceu muito nos últimos anos. Usado com o intuito de emagrecer, muitos especialistas discordam que realmente há benefícios nesse sentido, já que o óleo extraído do coco é constituído, principalmente, de gorduras saturadas. Afinal, o óleo de coco é uma alternativa saudável? Leia mais e descubra.

óleo de coco

Onde comprar o óleo de coco?

Atualmente, o melhor lugar para se comprar óleo de coco no Brasil é na loja Natue, que contém várias marcas e preços variados.

botão natue

Como é feito

O método mais popular e que garante o aproveitamento de todos os nutrientes é o processamento frio. Nele, o coco seco é processado diversas vezes até que a fibra libere óleo e creme.  O resultado desse processamento é colocado em repouso, de modo que o creme e o óleo se separem por decantação, então é só retirar o óleo puro que ficará no topo.

O que contém

O óleo de coco é formado por triglicerídeos de cadeia média, que são um tipo de gordura saturada. Ele não contém proteínas nem carboidratos, e sua quantidade de vitaminas é insignificante.

Embora saibamos que gorduras saturadas em excesso façam mal, o consumo adequado do óleo de coco pode auxiliar a queimar outras gorduras. Isso acontece porque ele é composto por triglicerídeos de cadeia média e é metabolizado mais rapidamente, se transformando em energia e não sendo acumulado em forma de gordura, como é o caso dos triglicerídeos de cadeia longa – que são facilmente encontrados nos outros alimentos.

Como consumir

A quantidade de gorduras saturadas indicada para consumo diário é de 22g, e já que o óleo de coco é 87% composto por elas, apenas 15g dele devem ser consumidos. Isso representa a quantidade de uma colher de sopa. Ele pode ser misturado a alimentos, como sopas e vitaminas, misturado à receitas com outros ingredientes e até para temperar saladas.

O consumo excessivo gerará ou aumentará o sobrepeso, já que há maior consumo de energia do que está sendo gasto e traz riscos de doenças cardiovasculares com o aumento do colesterol.

Propriedades do óleo de coco

  • Aumenta a saciedade – O consumo do óleo de coco ativa hormônios ligados à sensação de saciedade, o que aumenta a tendência de que o consumo de comida nas refeições seguintes seja menor.
  • Auxilia no emagrecimento – Além de ajudar a acelerar o metabolismo por conta da presença de ácido láurico, e assim haver maior consumo de calorias, o óleo de coco ajuda na quebra de gorduras de difícil mobilidade, como os triglicerídeos de cadeias longas.
  • Aumenta a imunidade – Os ácidos láurico e cáprico interagem de forma benéfica com o sistema imunológica, além de agirem no intestino eliminando bactérias ruins e favorecendo o crescimento da flora bacteriana intestinal saudável.
  • Melhora a digestão – Óleos que são consumidos na alimentação, quando chegam ao intestino, se juntam ao bolo fecal e facilita sua passagem, combatendo a prisão de ventre. Consumido em excesso, por esse motivo, pode causar diarréia.
  • Uso cosmético – Usado externamente, o óleo de coco ajuda a recuperar a hidratação e repõe lipídios para o cabelo ressecado e pode ser usado na pele, inclusive ajudando a tratar acne por conta de suas propriedades antibacterianas.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar