Androxon

 O que é o Androxon?

Androxon é uma droga cujo princípio ativo é o undecanoato de testosterona, feita pelo laboratório Organon aqui no Brasil e conhecida por outros nomes pelo mundo, como Nebido, Anadoil, Andriol, Deposteron, etc. É absorvido através do sistema linfático, o que evita que afetar a função hepática como outros esteróides. É bem tolerado exatamente por isso. Seu efeito terapêutico está associado ao aumento dos níveis plasmáticos de testosterona e seus metabólitos ativos, mantendo um efeito constante.

androxon

Para quê é indicado?

É indicado em terapias de reposição hormonal masculina, tratando distúrbios hipogonadais como: após castração, eunucoidismo, impotência de origem endócrina, certos tipos de infertilidade devido a distúrbios da espermatogênese. Também pode ser utilizado para tratar a osteoporose causada por uma deficiência androgênica.

Qual sua posologia?

Sua dose é determinada pelo médico de acordo com o paciente e de como ele reage. A dose inicial é entre 120 a 160mg por dia, durante três semanas. A dose subsequente, 40 a 120mg por dia e se baseia nas respostas das primeiras semanas do tratamento.

Modo de tomar

As cápsulas devem ser tomadas inteiras após as refeições. Metade da dose deve ser tomada de manhã e metade após o jantar. Em caso de número ímpar, a maior dose deve ser tomada de manhã.

Contra indicações

Esse remédio é contraindicado em caso de sensibilidade à algum dos componentes da fórmula e suspeita ou caso confirmado de carcinoma mamário ou prostático, visto que derivados da testosterona tem um histórico envolvendo aumento e agravação de carcinomas.

Precauções e advertências

Reações adversas devem ser observadas, e se ocorrerem, o tratamento deve ser interrompido. Pacientes com insuficiência cardíaca, disfunção renal, hipertensão, epilepsia ou enxaqueca deverão se submeter a exames constantes, já que androgênicos como o Androxon podem agravar estes quadros. Meninos antes da adolescência, caso façam uso desse remédio, devem fazê-lo com cautela para evitar fechamento prematuro das epífises ou desenvolvimento sexual precoce.

Reações Adversas

Podem ocorrer as seguintes reações, todas relacionadas com a terapia de reposição hormonal: priaprismo e outros sinais de estimulação sexual excessiva; em meninos jovens desenvolvimento sexual precoce, aumento da frequência de ereções, aumento do pênis, oligospermia e diminuição do volume ejaculado; retenção hidrossalina.

Não se esperam sintomas tóxicos quando se seguem as doses recomendadas.

Polêmica sobre seu uso indevido

Como todo derivado de testosterona tem ação anabólica, há sempre atletas e fisiculturistas que utilizam esse tipo de droga a fim de satisfazer seu desejo por músculos maiores e mais definidos, cada vez mais força e menos gordura. Entretanto esse remédio pode não demonstrar o efeito esperado, pois exatamente por não passar pelo fígado, não traz nenhum ganho significativo no crescimento muscular ou na definição.

Nesse caso, o atleta que utiliza ilicitamente drogas que não tem fins estéticos, está dando um tiro no próprio pé: além de não surtir o efeito esperado, Androxon é um remédio bastante caro. Fica, assim, a advertência para que pessoas saudáveis não sejam irresponsáveis de fazer uso de uma medicação não direcionada para o desenvolvimento muscular para fins puramente estéticos.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar