Clembuterol (Pulmonil): Saiba tudo sobre este broncodilatador!

Estimulante assim como a efedrina, o Clembuterol tem sido usado há muitos anos por atletas que buscam melhorar seu desempenho nos treinos. Trata-se de um fármaco utilizado principalmente em problemas relacionados ao sistema respiratório, e sua ingestão provoca a liberação de histamina, dilatação vascular, aumento das taxas de neurotransmissão e outros. O clembuterol é utilizado em alguns países para humanos, entretanto no Brasil, este é um medicamento de origem exclusivamente veterinária, que existe na forma de comprimidos, xarope, injetável ou em gel, com o nome de Pulmonil. O último tem sido a preferida por aficionados da malhação especialmente por sua absorção mais rápida, além de sua fórmula ser mais facilmente assimilada pelo organismo.

polmonil clembuterol

Clembuterol Emagrece?

Esse tipo de substância é usada por praticantes de musculação porque ajuda a queimar gordura rapidamente e assim mostrar mais definição muscular. O clembuterol faz com que o corpo ative as células marrons de gordura, que queimam as células brancas adiposas e faz a pele afinar-se e os músculos mais visíveis. Além disso, a droga supostamente tem efeito anti-catabólico, impedindo a perda dos ganhos após os exercícios. Clembuterol também causa o fechamento de seus receptores, o que faz com que o uso da substância perca seus efeitos após algum tempo. Para contornar isso, alguns atletas fazem ciclos on e off, ou seja, durante um certo tempo se faz uso da substância, se interrompe e depois volta-se a tomar. As doses utilizadas podem ser de 40 a 120 mcg por dia.

Quais os efeitos do Clembuterol?

Outros efeitos do clembuterol são a sudorese e diurese, por conta da necessidade do corpo de excretar os metabólitos resultantes da metabolização de clembuterol. Porém, além da água, vão junto eletrólitos importantes para o funcionamento do nosso corpo, como potássio, sódio, cálcio e outros. Isso prejudica as funções fisiológicas e pode levar o indivíduo a sérios problemas de saúde. Quem usa esse tipo de substância geralmente já se encontra fazendo uma dieta de redução de calorias, o que resulta em perda de ainda mais água junto com o glicogênio gasto. É importante que os usuários fiquem cientes que grande parte do peso perdido é água.

Clembuterol, assim como Efedrina e Salbutamol apresentam efeitos secundários bem intensos e agudos com seu uso, como taquicardia, sudorese e diurese intensas, aumento da pressão arterial, dores de cabeça, tremedeiras, náuseas e aumento na frequência cardiorespiratória. Além disso, o uso contínuo dessas substâncias podem agravar problemas crônicos, como hipertensão, disfunções urinárias, perda de eletrólitos, desidratação, etc. Esses sintomas podem significar sérios riscos de morte.

Quem quer fazer uso desse tipo de droga deve seriamente pesar o real custo x benefício, pois é realmente arriscado usar essas substâncias quando o mercado já possui outros compostos que tem mais eficácia e segurança do que o Clembuterol. As melhores medidas, ainda, para emagrecer e ganhar massa muscular magra, são se alimentar corretamente, fazer atividade física regular e intensa e usar adequadamente os suplementos alimentares. Na dúvida, consulte um médico.

Quer saber mais sobre o Clembuterol? Assista o vídeo e tire suas dúvidas:

 

Não nos responsabilizamos pela compra ou uso de Clembuterol além de não os incentivarmos. Esse é um texto unicamente informativo.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar