Dieta Cetônica ou do Cetônico

A busca por dietas milagrosas é incessante e nem sempre são oferecidas as melhores informações sobre elas, que acabam causando danos ao organismo. Esse parece ser o caso da Dieta Cetônica, mais uma dieta hiperprotéica com corte quase total de carboidratos, prometendo a perda de 4 a 5 kg por semana. Quer saber mais? Continue lendo e se informe mais sobre essa dieta bastante popular.

dieta-cetônica

O que promete

Dividida em três fases, a dieta do cetônico busca aumentar o consumo de proteína e gordura de origem animal, diminuindo drasticamente os carboidratos. Dessa maneira, o corpo passa a utilizar a proteína e a gordura como combustíveis ao invés do carboidrato, fazendo com que as reservas energéticas sejam gastas e isso gere o emagrecimento. Como o corpo não está acostumado a fazer esse processo, ele começa a eliminar uma substância chamada de ácidos cetônicos. Uma rápida busca pela internet revela que diversos sites sobre dietas expõem os ácidos cetônicos como algo benéfico à saúde e/ou que ajuda a queimar gorduras.

Alimentos permitidos

Os alimentos permitidos são legumes e verduras, como alface, tomate, couve, palmito e berinjela, algumas bebidas, como chás, café e refrigerantes diet, e ainda derivados de leite como creme de leite, queijo e natal, carnes processadas como bacon e presunto, ovos e nozes. Eles podem ser ingeridos em todas as fases.

Alimentos proibidos

Cereais, grãos, a maioria das frutas, tubérculos, açúcares, doces, leite, salsicha, conservas, amido de milho, mel e ainda a cerveja.

Fase 1

Dura quarenta e oito horas e são cortados totalmente os carboidratos da alimentação. Há o início da produção dos ácidos cetônicos por conta da queima das células de gordura.

Fase 2

Pode-se comer carboidratos, desde que o consumo se limite à 20g deles por dia, o que corresponde à 10% da alimentação. Uma fruta pode ser ingerida junto aos outros alimentos.

Fase 3

Se mantém o cardápio anterior com alimentos permitidos mas podem ser acrescentadas grutas que possuam porcentagem menor de 10% de carboidratos em sua composição.

O problema da dieta

A dieta tem três problemas. O primeiro é a desinformação passada: ácidos cetônicos são substâncias tóxicas excretadas pelo corpo quando ele começa a consumir as próprias reservas protéicas, ou seja, a massa muscular. Em grande quantidade, eles são responsáveis por causar o mau hálito característico de quem tem transtornos alimentares e jejua por muito tempo e ainda elevam o pH do sangue, causando uma acidose – que pode causar coma e morte. O segundo, é que a falta de carboidratos na dieta faz com que não haja energia para o corpo gastar, gerando fadiga, tonturas e até desmaios, possivelmente. Por fim, alimentos de origem animal possuem, naturalmente, altas quantidades de gordura e colesterol que irão ser ingeridos junto a esses alimentos.

Isso mostra que essa dieta na verdade é péssima para o organismo e não depende simplesmente de boa vontade, mas de que você esteja disposto a por sua saúde em risco pela perda de alguns quilos. O resultado, claro, cairá na conta da saúde do seu corpo.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar