Dieta de South Beach

 

Assim como algumas outras dietas, a de South Beach propõe uma mudança gradual na alimentação buscando a perda de peso até chegar ao peso ideal e fazer da dieta, seu estilo de vida. Dividida em três etapas, essa dieta foi criada por Arthur Agatston, um cardiologista norte americano, e propõe grande restrição de carboidratos apenas no início, com sua reintegração à alimentação lentamente. O objetivo principal da dieta de South Beach é que quem a praticar passe a dividir os alimentos entre carboidratos ou gorduras bons e ruins, perdendo peso e mantendo-o. Se interessou? Que tal ler um pouco mais?

Como fazer?

O primeiro passo é conhecer bem as três fases que envolvem a dieta, e os alimentos proibidos permitidos em cada uma delas. É interessante listar os alimentos permitidos em cada fase, separando assim as possíveis refeições que podem ser feitas com combinações deles. A dieta não estipula quantidades, mas é interessante se manter moderado. Fazer refeições antecipadamente é uma maneira interessante de se manter firme à dieta, evitando descontar a fome em doces ou outros alimentos proibidos.

O cardápio a ser seguido deverá ter as três principais refeições, café da manhã, almoço e jantar, e ainda pequenos lanches entre elas.

Três etapas

1ª Etapa – Essa etapa deve durar apenas duas semanas, e é quando acontece a perda de peso acelerada. Pode-se perder de 3 a 5 quilos. Durante esses quatorze dias, devem ser retirados da alimentação a maioria dos carboidratos, bebidas artificiais e gorduras, especialmente as animais. Os alimentos permitidos são carnes magras, legumes, leite desnatado, queijos magros (cottage, ricota) e óleos vegetais (azeite, de girassol).

2ª Etapa – Alguns tipos de carboidratos são inseridos na dieta, e essa fase dura até vocÊ atingir seu peso ideal. Entre os alimentos permitidos estão: algumas frutas (maçã, banana, uva, manga, laranja, ameixa, kiwi, pêra), cereais integrais e massas (arroz integral, farinha integral, macarrão integral, pão integral), alimentos à base de soja e os alimentos que já consumia na fase 1.

3ª Etapa – A ideia geral dessa etapa é conseguir o equilíbrio perfeito entre proteínas e carboidratos, dando preferência aos carboidratos integrais. Nessa fase, não há restrição sobre nenhum alimento e se você voltar a ganhar peso, poderá repetir a primeira e segunda etapas.

Alimentos proibidos/ permitidos

1ª fase – Proibidos: Beterraba, batata, cenoura, milho, inhame, mandioca, pães, macarrão, queijos gordurosos, frutas (todas) e sucos, bebidas alcoólicas.

Permitidos: Pode-se comer doces, desde que atinjam a quantidade máxima de 75 kcal por dia.

2ª fase – Abacaxi, melancia, frutas secas, sucos prontos, beterraba, milho, batata, arroz branco e pão branco.

Permitidos: Cenoura, batata doce, chocolate amargo, vinho tinto.

Vantagens

  • Não tem quantidades determinadas
  • Não corta totalmente o carboidrato
  • Perda de peso rápida, especialmente nas duas primeiras semanas
  • Livros no mercado disponibilizam diferentes receitas
  • Busca diminuir o colesterol ruim

Desvantagens

  • Efeito sanfona bem provável
  • Fraqueza e tontura na primeira fase
  • Falta de frutas e legumes pode gerar prisão de ventre
  • Excesso de proteína prejudica quem tem problemas renais
  • Não estimula a alimentação equilibrada

 

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar