Dieta dos Shakes

A dieta dos shakes, que tiveram seu boom durante os anos 90, são uma forma excelente e otimizada de perder peso com refeições práticas e nutritivas. É uma forma de perda de peso que precisa ser usada com moderação, já que coloca uma grande quantidade de aditivos artificiais no seu corpo e pode acarretar, caso seja feita da forma errada, em uma série de problemas.

Vamos entender a dieta dos shakes e saber, afinal, como e por que elas funcionam.

dieta dos shakes

Como funciona a dieta dos shakes?

A dieta dos shakes prontos inclui a substituição de uma ou mais refeições por shakes. As vantagens deste tipo de dieta é a facilidade de transporte de produtos emagrecedores, já que o shake é muito mais prático de levar do que uma marmita com uma refeição adequada. Além do mais, nem sempre temos tempo para uma refeição equilibrada e correta.

O segredo da utilização adequada do shake para emagrecer é não querer resultados rápidos demais. Substitua uma refeição diária pelo shake e comece a tomar lanches a cada 3 horas, substituindo um deles também pelo Shake ou por uma barrinha de cereais. Outra dica, também muito útil, é complementar o shake com um caldo leve ou uma pequena porção de carne grelhada (preferencialmente peixe, mas frango e um bife sem gordura também servem) para que você mastigue durante a refeição e tenha a satisfação de um salgado para complementar a saciedade oferecida pelos shakes.

A formulação dos shakes também melhorou com os anos, oferecendo benefícios cada vez melhores com o consumo, como Omega 3 e aceleradores de metabolismo. Entretanto é importante lembrar que os shakes, por mais balanceados que sejam, são compostos de forma artificial e podem gerar dificuldades para pessoas com dificuldade de eliminação de toxinas. Caos você tenha qualquer histórico de problemas renais ou no fígado, não recomendamos o uso deste tipo de dieta.

Quanto tempo manter a dieta dos shakes?

É fundamental, independente de problemas e da praticidade deste tipo de dieta, ela não deve ser mantida por mais de um mês, pois, além do valor ser pouco compensador, o shake não é desenvolvido para consumo constante e sim como uma forma de reeducação alimentar. O importante é conseguir retirar o shake pronto da sua dieta, substituindo-o por opções mais naturais e nutritivas de lanches como iogurtes, frutas, shakes naturais sem açúcar e uma série de outros produtos.

Em caso de dificuldades ou dos resultados não serem os esperados, consulte um nutricionista.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar