Dieta japonesa

Observando a silhueta esguia das asiáticas fica fácil imaginar porque alguém daria esse nome a uma dieta, embora ela nada tenha a ver com a culinária nipônica. Leia mais e saiba exatamente como funciona essa dieta.

dieta japonesa

Dieta de emergência

Essa é tida como uma “dieta de emergência”: trata-se apenas de algo para se emagrecer rápido e o suficiente para caber em um novo vestido de festa, por exemplo. Esse tipo de dieta geralmente diminui drasticamente a quantidade de carboidratos para que o corpo comece a queimar a própria gordura para gerar energia.

Aumento de proteínas

Assim como outras dietas famosas, como a Atkins, a ideia geral da dieta japonesa é aumentar o consumo de proteínas para que elas se tornem o combustível do organismo. Isso vem acompanhado, claro, de uma redução drástica dos carboidratos. Como o carboidrato é o principal macronutriente degradado para formar energia, essa dieta tende a provocar fraqueza, tonturas e até desmaios.

Passando fome

Se em uma dieta saudável a ideia é comer em pequenas porções de modo frequente para sentir menos fome na refeição seguinte, na dieta japonesa é totalmente ao contrário. O cardápio dessa dieta contém apenas três refeições por dia com combinações dos alimentos permitidos, o que definitivamente provocará muita fome entre as refeições e aumentará as chances de você atacar a geladeira em um momento de maior fraqueza.

Alimentos permitidos

Café ou chá sem açúcar, carne vermelha, ovos, biscoito água e sal, tomate, pepino, verduras folhosas, peixe, frango, cenoura, frutas, alguns derivados de leite, frutas.

Cardápio

Segunda

  • Café da manhã – café ou chá, sem açúcar ou com adoçante.
  • Almoço – dois ovos cozidos, temperados com sal e salada de verduras.
  • Jantar – um bife grande de carne vermelha com salada feita com pepino e alface.

Terça

  • Café da manhã – café ou chá, sem açúcar ou com adoçante e um biscoito água e sal.
  • Almoço – verduras folhosas, frutas e um bife grande.
  • Jantar – presunto à vontade.

Quarta

  • Café da manhã – café ou chá, sem açúcar ou com adoçante e um biscoito água e sal.
  • Almoço – dois ovos cozidos temperados com sal e salada de verduras e tomate.
  • Jantar – apenas salada, feita com repolho, chuchu e cenoura.

Quinta

  • Café da manhã – café ou chá, sem açúcar ou com adoçante e um biscoito água e sal.
  • Almoço – um ovo cozido, uma cenoura crua ou cozida e uma fatia de mussarela.
  • Jantar – salada de fruta à vontade e um iogurte natural.

Sexta

  • Café da manhã – café ou chá, sem açúcar ou com adoçante e um biscoito água e sal.
  • Almoço – um filé de peixe frito e tomates à vontade.
  • Jantar – bife de carne vermelha e salada de frutas à vontade.

Sábado

  • Café da manhã – café ou chá com um biscoito água e sal.
  • Almoço – frango assado à vontade.
  • Jantar – dois ovos cozidos com sal.

Domingo

  • Café da manhã – café ou chá com um biscoito água e sal.
  • Almoço – Um bife grande de carne vermelha e frutas à vontade.
  • Jantar – Comer o que quiser dentro dos alimentos permitidos.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar