Dieta líquida

A cada dia surge uma série de dietas para emagrecimento, pois na busca da perda de peso poucas pessoas aprenderam que não existem milagres e que é necessário esforço para consegui-lo. Entre essas dietas, uma que tem feito sucesso é a dieta líquida. Consiste em, durante um período de cinco dias, ingerir apenas os alimentos permitidos: sucos, sopas, chás, shakes, etc. Saiba um pouco mais sobre essa dieta lendo esse artigo.

dieta liquida

Alimentos permitidos

Toda dieta restritiva se baseia em restringir um grupo de alimentos e permitir outros que supostamente aceleração o processo do alimento. No caso da dieta líquida, o grupo de restrição são os alimentos sólidos, e isso inclui massas, arroz, frutas, legumes e todos os outros.  A alimentação consiste em sete refeições, sendo que assim que levantar e na ceia deve se tomar chás (de limão, gengibre, ervas), nos lanches da tarde devem-se tomar sucos (de frutas ou vegetais), no café da manhã, uma vitamina (com frutas e leite magro) e no almoço e jantar, sopas (de legumes).

Pouca variedade nutricional

A grande restrição de alimentos desta dieta pode levar a deficiências nutricionais, já que o cozimento dos legumes e o batimento das frutas pode fazer com que os mesmos percam nutrientes, ainda mais se não forem feitos e consumidos na hora. Não há nenhuma refeição com proteína e a quantidade de carboidratos é pouca, o que poderá levar à fraqueza e tonturas com a continuação da dieta.

Sem exercício

Espera-se que para emagrecer, se una uma dieta hipocalórica com a prática de atividade física para acelerar a perda de peso e aumentar a saúde. Não é o caso da dieta líquida, já que a pouca quantidade de carboidratos não oferece energia suficiente para ser gasta durante o exercício. Se você ainda insistir nisso, poderá ter consequências graves como desmaios enquanto realiza o exercício.

Versões da dieta

Geralmente depois que uma dieta é desbancada por sua falta de certos alimentos é bem comum haver o lançamento de uma Nova Dieta X. É o caso da dieta líquida, e a nova dieta líquida acrescenta alimentos sólidos à alimentação, principalmente no almoço e no jantar, mas em pequena quantidade e dando ênfase em grande diminuição dos carboidratos e aumento do consumo de proteínas.

Tiro pela culatra

Para perceber que já estamos saciados, nosso cérebro leva em conta um mecanismo simples: a mastigação. É por isso mesmo que uma das dicas para perder peso é mastigar os alimentos com mais frequência e cuidado. Além disso, facilita a absorção de nutrientes pelo estômago, já que o alimento já está partido em vários pedacinhos, e o ato envia mensagens diretas ao cérebro dizendo que alimento o suficiente já passou pela boca. A dieta líquida não requer nenhuma mastigação, o que pode deixar aquela sensação de fome mesmo depois de comer uma refeição e te obrigar a comer mais.

Conclusão

Esse tipo de alimentação é pouco saudável e muito provavelmente ocasionará em efeito sanfona depois que voltar a comer normalmente. A forma de emagrecer ideal ainda é a reeducação alimentar e a prática de exercícios.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar