Dietas de emergência para encarar o verão!

Sair de férias e se esquecer de comer bem ou abusar no final de semana é bastante comum e pode resultar em alguns quilos a mais na balança. Quando o verão chega, entretanto, surge o desespero de querer parecer bem no biquíni. Assim, para conseguir um corpo em forma para o verão conheça dietas de emergência que te ajudam a enxugar a silhueta.

dietas de emergência

Dieta detox

A famosa dieta detox visa a promover uma desintoxicação acelerada do organismo, eliminando substâncias ruins e diminuindo a sensação de peso e de inchaço. Com essa dieta, é possível perder até três quilos em apenas uma semana, ficando com o corpo que você deseja em pouco tempo.

Para essa dieta é importante que nos dois primeiros dias sejam consumidos apenas sucos e shakes desintoxicantes. Isso dará um choque no organismo, que se verá obrigado a eliminar as substâncias ruins.

A partir do terceiro dia é possível reintegrar os alimentos sólidos à alimentação, mas é preciso priorizar um baixo consumo de calorias. Com isso, é possível chegar ao peso esperado com saúde.

Dieta da sopa

Mais uma opção entre as dietas de emergência, a dieta da sopa, por sua vez, prioriza o consumo de sopas durante um período que pode durar até duas semanas.

Como é fácil de ser preparada e tem baixa caloria, a sopa é o alimento ideal para quem precisa emagrecer rapidamente. Nesses casos, o mais indicado é trocar as refeições noturnas por sopas e manter o almoço em um baixo consumo de calorias.

Também é fundamental escolher os ingredientes corretamente, já que alimentos com muitos carboidratos, como a batata, devem ser evitados, além de evitar o consumo excessivo de sódio. Incluir o gengibre nas sopas ajuda a acelerar o metabolismo.

Dieta dos 22 dias

Usada por celebridades, a dieta dos 22 dias visa a um emagrecimento mais rápido e, como o próprio nome indica, dura 22 dias.

Nesse tipo de dieta é eliminado o consumo de carnes, de alimentos com glúten, bebidas alcoólicas e quaisquer alimentos com origem animal. São feitas três refeições por dia, compostas de 80% de carboidratos integrais, 10% de proteínas de origem vegetal e 10% de gordura vegetal.

Dieta dos shakes

A dieta dos shakes também pode ser considerada de emergência e consiste em trocar algumas refeições específicas por shakes para emagrecer. Entretanto, uma das refeições principais deve ser mantida e, portanto, a bebida deve substituir apenas o almoço ou o jantar.

É especialmente indicada para quem já está em algum tipo de dieta restritiva e está se vendo com os resultados estagnados. Deve ser feita por no máximo 5 dias e pode emagrecer até 4 kg. Os shakes podem conter, por exemplo, chá verde ou hibisco, acelerando o metabolismo.

Dieta volumétrica

A dieta volumétrica, por sua vez, é uma variação diferente de dietas de emergência, já que ela estimula o consumo de maiores quantidades de alimentos. O emagrecimento, entretanto, é explicado pelo fato de que devem ser alimentos de baixa caloria, como os ricos em fibra e água.

Assim, não é preciso passar fome para conseguir os resultados desejados e ela pode ser feita por até um mês.

Não ultrapasse o limite proposto

Devido à perda de peso rápida, muitas pessoas se sentem estimuladas a continuar as dietas de emergência por longos períodos. Isso, entretanto, pode causar prejuízos para a saúde. Portanto, o mais indicado é seguir a dieta apenas por curtos períodos de tempo, já que elas são apenas emergenciais.

Com isso, as dietas de emergências são ideais para quem deseja encarar o verão com a silhueta com alguns quilos a menos. Apesar disso, é preciso responsabilidade para fazer a dieta apenas durante curtos períodos de tempo.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar