Método Ravena

Prometendo eliminar dois quilos já na primeira semana, essa dieta foi desenvolvida por um médico argentino e promete reestruturar nossa relação com a comida, promovendo emagrecimento saudável e definitivo com a ajuda de uma alimentação regrada. Leia o artigo e saiba mais sobre essa dieta.

Médico e psicoterapeuta, Máximo Ravenna desenvolveu essa dieta como um método interdisciplinar de emagrecimento. Esse regime é baseado em três pilares: Corte, Medida e Distância. Corte trata-se de literalmente cortar os excessos alimentares, enquanto a Medida é o quanto de alimento é necessário ingerir para nosso organismo. Por último, a Distância é o tempo entre refeições e evitar alimentos que ajudam a compulsão alimentar.

ravena

Três frentes a favor da perda de peso

A dieta Ravenna conta com quatro refeições por dia, e antes do almoço e jantar devem ser consumidos um caldo ou sopa e salada, com direito à sobremesa e café expresso ao final. Os carboidratos refinados são totalmente cortados da dieta incluindo o açúcar, e são permitidos os alimentos de baixo índice glicêmico, proteínas, frutas, verduras e laticínios. São aliados dieta hipocalórica, exercícios e tratamento comportamental para analisar a compulsão alimentar. A restrição calórica deverá ser acompanhada de suplementos polivitamínicos, já que o baixo consumo de certos alimentos não permitirá que o corpo receba todas as vitaminas que necessita.

Equipe multidisciplinar

O método prevê acompanhamento de uma equipe de apoio, formada por nutricionista, terapeuta e educador físico, sendo personalizado para cada paciente. A adesão à dieta é facilitada por conta dos pratos variados, e o emagrecimento rápido do começo da dieta tem por objetivo estimular o praticante, que após chegar à sua meta de perda de peso, começa uma reeducação alimentar.

Perigos do método Ravenna

Há dois riscos especialmente preocupantes em relação a essa dieta. O primeiro é que se realize essa dieta sem acompanhamento, em casa e sem apoio da equipe multidisciplinar. O segundo, é o corte pronunciado de calorias. Por conta da redução calórica muito grande e refeições muito pequenas, é possível que os pacientes tenham fraqueza e mal estar – algo que se torna “menos pior” se for com acompanhamento médico, e quem realiza a dieta por conta própria não tem essa segurança. Além disso, o emagrecimento acontece tão rápido pois a perda de peso é, em grande parte, de água e músculo. Isso reduz enormemente o metabolismo basal, fazendo com que o emagrecimento no futuro se torne cada vez mais difícil.

O método alega que a perda de peso rápida é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como o caminho mais saudável para o emagrecimento definitivo, mas isso está longe da verdade. Quem promove essa dieta alega que a perda de peso rápida é o que estimula as pessoas a continuá-la e não desistir, no final tendo contato com a verdadeira educação alimentar, mas é possível conseguir resultados muito melhores consumindo mais de 800 kcal por dia – considerando um cardápio diário do método Ravenna – e fazendo exercícios físicos.

É preciso parar de acreditar em milagres: emagrecimento saudável demanda tempo, esforço e mudanças no estilo de vida.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar