Noz da Índia

De nome científico é Aleurites moluccana, a Noz da Índia é uma planta de uma árvore verde e grande de tronco espesso com casca parda que pode chegar a ter entre 10 e 12 m de altura, com copa de cerca de 1.5 m. A casca de sua semente é cinzenta, um pouco áspera com lenticelas e uma coroa branca. Tem suas sementes popularmente conhecidas como auxiliares na perda e manutenção de peso. Como outros benefícios atribuem-se também o combate à celulite, baixa do colesterol, prevenção de prisão de ventre, diminuição da ansiedade e fome, entre outros.

A Noz da Índia age no aparelho digestivo e tem propriedade de laxante, daí o seu uso associado ao emagrecimento. Por ser importado, o produto é vendido por um preço elevado. Já a similar brasileira é comercializada por um preço menor. Também conhecida como Nogueira de Iguapé ou Noz das Moloucas, a planta é originária da Índia e Malásia e pode ser encontrada nas regiões tropicais e subtropicais da Ásia, Pacífico e América do Sul. Na Índia, ela também é usada como tempero.

noz da índia

Emagrecimento

A semente da noz é muito indicada na medicina popular para a perda de peso por ser, entre outras propriedades a ela atribuídas, laxativa.O emagrecimento através das sementes de Noz da Índia se dá pelo fato de que ela possui substâncias que aceleram o metabolismo, aumentam o gasto energético, aceleram o fluxo intestinal e renal, diminuindo a absorção e retenção de líquidos e ainda segundo relatos populares, combate a ansiedade.

Como qualquer outro produto, pode ocorrer intolerâncias e reações adversas, como efeitos colaterais e alergias. Ao decidir pelo uso é necessário ter a consciência da importância de seguir as recomendações e que altas dosagens podem provocar intoxicações.

Noz falsa

Há uma chamada “noz falsa”, que é a de nome científico Thevetia peruviana, conhecida como Chapéu de Napoleão ou Jorro-Jorro e que é altamente tóxica. Com aspectos parecidos, a semente encontrada dentro do fruto do chapéu de apoleão começou a ser comercializada no Brasil como se fosse a noz da Índia. Essa semente é altamente tóxica, da raiz à semente, diferentemente da Aleurites moluccanam, que possui apenas a semente tóxica e que, quando cozida, perde a toxidade. A “nós falsa” tem ação cardiotônica e age na condução dos estímulos cardíacos e na força de contração do músculo. Se associada a outro medicamento, como um diurético, por exemplo, pode causar uma parada cardíaca e levar até a morte.

Dosagem

Por ter efeito altamente laxante, a Noz da índia deve ser utilizada com cautela pelo paciente. Muitos pacientes utilizam a dosagem de 1/4 da semente ao dia, sendo que, em caso de intestino muito solto, recomenda-se a redução do consumo para 1/8 ao dia sempre ingerindo muita água. As sementes podem ser mastigadas ou engolidas. Também não é recomendada ao paciente a administração de estômago vazio. Como todo e qualquer medicamento – mesmo que a substância seja natural – as pessoas precisam procurar um especialista antes de iniciar o uso e sempre comprá-lo em farmácias de confiança.

Recomendamos para você:

Share this post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar