Seja sua própria inspiração: Uma reflexão que vai além dos padrões!

Estamos vivendo uma era onde a vida fitness parece dominar o mundo, e a busca por corpos cada vez mais perfeitos não para, mas será que isso serve para todo mundo? Será que essas pessoas são realmente saudáveis? Será que existe de fato um padrão? Como aceitar meu corpo? Essas talvez sejam perguntas com respostas intermináveis.

Abaixo vamos conversar e esclarecer algumas questões. Se você tem escutado muito a palavra aceitação e não sabe exatamente o sentido dela, seu lugar é aqui. Vamos lá?

O que é um corpo perfeito?

Já se fez essa pergunta? Então hoje tente se olhar no espelho e ver se você realmente gosta do que está vendo, acredito que uma grande parte vai se olhar e dizer que não. Pessoas nunca estão contentes com o que têm, somos assim em tudo na nossa vida.

Mas veja bem, o que não podemos deixar é que algumas pessoas com suas ideologias preguem o que não é verdade. Vejo inúmeras pessoas postando antes e depois em um curto espaço de tempo e pregando uma vida saudável a qual elas não seguem 24 horas por dia e não condiz com a realidade delas e tão pouco com as nossas.

Muitas celebridades e blogueiras(os) postam em suas redes sociais conteúdos de aceitação, ou seja, fazem questão de falar muito sobre a importância de aceitar seu próprio corpo da forma que ele realmente é, de aceitar seu biotipo, seus defeitos, e de se amar acima de qualquer padrão.

Mas mesmo alegando e afirmando tudo isso, pasmem, poucas delas(es) estão de fato felizes. Muitos usam esse empoderamento todo como desculpa para se alimentarem mal, terem uma péssima qualidade de vida,  porque no fundo vai ser sempre “Gosto de viver assim e estou feliz, afinal temos que aceitar nosso corpo!”.

Há também uma grande parcela que coloca a saúde e a qualidade de vida em prol de uma ditadura da magreza, pregando uma falsa aceitação, enquanto vivem a base de remédios, cirurgias, dietas malucas, procedimentos perigosos, e uma vida infeliz e amargurada.

Porém tanto a pessoa do antes e depois ilusório, quanto a pessoa que prega aceitação de forma incorreta está sofrendo, pois no fundo elas não estão saudáveis. E não digo apenas saúde física, mas a mental também. Uma pessoa que quer a todo custo se enquadrar em um padrão, não se aceita de verdade.

como aceitar meu corpo

Como aceitar meu corpo? É possível?

Eu costumo falar sempre para as pessoas que me perguntam “Como aceito meu corpo?”,  busque a sua melhor versão, sem radicalismos, sem se espelhar em corpos que talvez seu biótipo físico não suporte, sem se apegar em antes e depois ilusórios, busque o equilíbrio.Se olhe no espelho e veja o que não está te agradando e ao poucos lute para mudar, mas pense primeiramente em mudanças inteligentes e sensatas. Nada que afete à sua saúde como um todo.

Faça boas escolhas, pratique exercícios físicos regulares, e mantenha uma alimentação saudável. Mas não se aflija em sair e comer alimentos considerados “vilões” para quem dita regras e confunde saúde com magreza.  É importante você ter em mente que não existe alimento que engorda, assim como não existe fórmula mágica para emagrecer e corpo perfeito.

Cada pessoa tem suas particularidades e é essencial  e necessário você olhar de uma forma mais carinhosa e com mais cuidado para seu corpo.

É possível sim você aceitar o seu corpo do jeito que ele é, e por conta disso, abaixo separei algumas dicas além das que eu já venho mencionando no decorrer desse texto, que vão te ajudar pensar mais sobre o assunto. Então vamos lá!

como aceitar meu corpo

Dicas

  1. Deixe de seguir celebridades e blogueiras(os) que ostentam corpos não reais
  2. Busque se olhar no espelho e ver que você pode mudar mas dentro do seu limite
  3. Priorize sua saúde mental e física sempre
  4. Nunca coloque sua saúde em risco por um padrão ditado pela sociedade
  5. Deixe o sedentarismo de lado, não estamos falando em ser fitness, estamos falando em ser saudável
  6. Não viva em situações extremas, fuja do radicalismo
  7. Não tente ser quem você não é
  8. Busque inspirações reais, não pessoas que vivem fora da sua realidade
  9. Mude por você, busque o melhor para você.
  10. Faça escolhas inteligentes por você, não pelos outros.
  11. Conheça seu corpo, e tenha mais cuidado e carinho ao olhá-lo.
  12. Faça atividades que te agradem
  13. Respeite seu biotipo
  14. A “gostosona” e o “grandão” do Instagram também tem dias ruins e não estão satisfeitos com tudo.
  15. VIVA EM EQUILÍBRIO! Saiba fazer o que te dá prazer também.

 

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 do total de 5)
Loading...

Comentar