Erros na musculação

Melhorar o condicionamento físico, fazer os músculos crescerem e conquistar o corpo desejado são apenas alguns benefícios da malhação. Essa modalidade de atividade física tem crescido muito no Brasil, mas muitos atletas ainda cometem erros que prejudicam sua performance e podem causar lesões.

Erros nos exercícios

Treino excessivo – O overtraining ou treino excessivo estimula o corpo a produzir respostas ao estresse, o que é agravado pela falta de descanso entre sessões. Isso leva ao surgimento de microtraumas, que são lesões muscoesqueléticas.

Exercício em jejum – Fazer exercícios em jejum pode parecer uma boa idéia para quem quer emagrecer, certo? Errado. Quando o corpo não tem nenhum alimento para transformar em glicose, que fornecerá energia para o exercício, o corpo começa a metabolizar as proteínas dos músculos. Além disso, pode causar tonturas, dor de cabeça e desmaios.

Pausas muito longas – Intervalos muito longos entre as séries, maiores de dois minutos, prejudicam e muito o resultado, pois gera perda na intensidade. É comum que algumas pessoas aproveitem a companhia na academia para fazer amizades e paquerar, mas procure deixar essas coisas para depois de seu treino.

Excesso de peso – Quando você não suporta a carga e excede seu limite, é muito possível que você também faça o exercício com má postura e de forma errada. Isso pode ocasionar lesões musculares graves.

Esquecer os outros músculos – Essa é uma prática muito comum. Se você quer conquistar um corpo bonito, é ideal que haja equilíbrio. Não se dedique a somente um grupo de músculos, já que os outros ficarão enfraquecidos.

Aquecimento e alongamento – A falta dessas duas práticas prejudica e muito o desempenho de atletas, não só na musculação. Eles reduzem a probabilidade de lesões e preparam o corpo para a atividade a seguir.

erros musculação

 Erros alimentares

Excesso de proteína – Para gerar é hipertrofia é preciso aumentar o consumo de proteínas, mas também não precisa exagerar. O excesso de proteína sobrecarrega os rins, que precisam filtrar o sangue.

Falta de água – O suor gera uma perda de água muito grande durante os exercícios de modo a refrescar o corpo, o que diminui consideravelmente seu desempenho se essa água não for reposta antes, durante e depois do treino.

Contar calorias – Muito utilizada por quem quer emagrecer, o processo de calorias acaba sendo uma auto-enganação. Isso porque acaba-se comendo qualquer coisa de modo a não passar da cota estabelecida para o dia, sem prestar atenção no que é ingerido.

Restrição em excesso – Restringir carboidratos e gorduras totalmente pode ser um verdadeiro tiro no pé. Isso porque é dos carboidratos que vem a energia utilizada pelo corpo, e a gordura tem importantes funções no metabolismo.

Consumir suplementos inadequadamente – O mercado brasileiro fervilha todos os meses com os novos lançamentos de suplementos alimentares, e atletas menos informados podem acabar caindo na cilada de achar que o ajudarão. É importante lembrar que suplementos existem para suplementar as necessidades de nutrientes que o corpo possui e melhorar seu desempenho. Vale a pena procurar um nutricionista ao invés de gastar com suplementos que não funcionam.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar