Ornitina: veja aqui tudo o que você precisa saber sobre ela!

ortinina

Ornitina é um dos poucos aminoácidos não essenciais, com papel na produção hormonal do crescimento e é usada para aumentar a massa muscular durante a redução da gordura corporal. Também chamada de L-ornitina, é produzida no corpo pela utilização de hidrólise da L-arginina. O prefixo “L” indica a estrutura em espiral da estrutura química da molécula e, “L” aminoácidos são encontrados nos tecidos orgânicos, tais como as plantas e o tecido animal.

Como é produzida pelo corpo e também está presente em alimentos, como peixes, carne, leite, queijo, iogurte e ovos, as chances de se desenvolver deficiência de ornitina são praticamente nulas. No entanto, algumas condições, como gravidez, trauma e desnutrição, podem causar essa carência. Já se têm uma variedade de suplementos de L-ornitina oferecidos por laboratórios, portanto, você deve consultar um médico antes de tomar qualquer suplemento, pois ele saberá qual o mais indicado para suas necessidades.

Como o ganho da massa magra está ligado à L-ornitina?

O balanço de nitrogênio representa a quantidade de nitrogênio que o corpo excreta em comparação ao quanto ele ingere. Então, quando a ingestão supera a excreção, tem-se um equilíbrio positivo de nitrogênio e o crescimento muscular eficaz. O contrário gera o balanço nitrogenado negativo, perda de massa muscular e, caso o nitrogênio falte nos órgãos vitais, causa problemas de saúde graves. A função da L-ornitina é controlar essa eliminação do nitrogênio no corpo.

Estudos comprovam que a ornitina é duas vezes mais eficaz que a arginina para aumentar os níveis de hormônio do crescimento. Devido a isso, ela é bastante vendida como suplemento para fisiculturistas, em combinação com a arginina, já que ela aumenta os níveis de insulina e do hormônio do crescimento, além de prevenir a perda de músculos.

ortinina

Benefícios da Ornitina

Com a quantidade certa de ornitina no corpo, tem-se uma forte aliada na recuperação de traumas, queimaduras, infecções e até câncer. Isso foi observado em pacientes que se recuperavam de cirurgias, infecções generalizadas, câncer e trauma, pois ela ajuda a manter os tecidos e músculos do corpo.

Ela ajuda a criar músculos e reduzir a gordura do corpo, principalmente quando é combinada com arginina e carnitina. Por estar vinculada a produção de HGH, a L-ornitina pode ser eficaz na perda de gordura, pois a suplementação com esse aminoácido ajuda a manter o peso sob controle. Também auxilia o fígado e pode retardar o processo de envelhecimento.

Efeitos colaterais

– Irritação estomacal;

– Inquietação;

– Insônia;

– Cólicas;

– Diarreia;

– Em contato direto com os pulmões ou outras membranas mucosas pode ser toxico;

– Grandes quantidades em contato com a pele podem causar irritação;

– Contato com os olhos pode ser perigoso.

Esse artigo foi útil para você? Conta pra gente nos comentários!

Recomendamos para você:

Share this post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar