Pré treino – dicas

Quando se fala de musculação, há muitas dúvidas circulando por aí em relação ao que é indicado fazer antes de ir malhar. Deve-se treinar sem comer, em completo jejum? Devo tomar apenas líquidos? Comer uma banana? Usar somente suplementos dietéticos pré-treino? Comer muito, fazer uma refeição pesada? Essas e outras perguntas são bastante frequentes pra quem está começando. Falaremos aqui de atitudes necessárias para garantir um treino de qualidade.

Fazer o treino em jejum, jamais

Ir malhar de estômago vazio fará com que o seu corpo ache que está em situação de perigo, gastando, ao invés da gordura, a suada massa muscular que se construiu. É por esse mesmo motivo que dietas para perder peso em que se passa fome não funcionam.

Alimente-se antes de malhar – Fazer refeições antes do treino tem como objetivo fazer com que o atleta possua energia pra gastar, não se sinta fatigado e tenha bom desempenho. O ideal é fazer uma refeição leve de 30 a 45 minutos antes do treino.

Cuidado com os líquidos – Consumir somente alimentos líquidos antes do treino, principalmente em esportes em imersão como a natação, podem causar refluxo. Evite o uso exclusivo destes, embora manter-se hidratado antes, durante e depois seja essencial.

Não exagere – Comer demais também pode atrapalhar. Quando recebe uma grande carga de alimentos, o corpo direciona oxigênio para o estômago, que é o órgão realizando o trabalho no momento. Ao realizar os exercícios, o corpo também tem que mandar oxigênio para os músculos, parando a digestão. Isso pode causar tontura, mal estar e congestão.

Entenda melhor os carboidratos

carboidrato

Alimentos ricos em carboidratos são ideais para o pré treino, já que trabalham te dando uma fonte de energia imediata e iniciam a queima de gordura de forma mais eficiente. Iogurte com granola, por exemplo, é uma boa sugestão pra quem vai praticar musculação. Entretanto, fique longe dos carboidratos simples como biscoitos doces e recheados, que tem digestão muito rápida e podem causar picos de glicemia, gerando a hipoglicemia mais tarde.

Vá ao nutricionista – Para quem estudou bastante seu plano de dieta e exercícios, isso pode parecer bobagem. Mas o nutricionista pode e deve, inclusive, te ajudar a definir os melhores alimentos e as devidas quantidades do pré e pós treino.

Cuidado com suplementação pré-treino

O nutricionista também pode te indicar, de acordo com seu tipo físico e demanda, qual substância seu corpo necessita. Alguns pré-treinos encontrados no mercado podem não ser muito confiáveis e fazem com que você não preste atenção no esforço que está realizando, causando desgaste desnecessário e lesões.

Não se esqueça do pós treino – Depois do exercício, como o corpo fica carente de nutrientes, vitaminas e minerais, é comum sentir fome antes da hora. Porém, cuidado – nessa hora o corpo absorve rapidamente qualquer coisa que for consumida pois precisa repor o que foi perdido, então nada de alimentos pesados e gordurosos. Aposte nos alimentos que contenham proteína, como carnes magras, ou alimentos ricos em Ômega 3 e auxiliarão na recuperação, como castanhas, ovo caipira e peixe.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,00 do total de 5)
Loading...

Comentar