Treino Power

 

A falta de tempo, nos dias atuais, não é algo que tem afastado as pessoas dos respectivos treinos em busca de um corpo torneado e musculoso. Pelo contrário: o pouco tempo levou ao surgimento de uma nova modalidade chamada treino power, em que se busca trabalhar eficientemente e de modo intenso os músculos, garantindo emagrecimento e ganho de massa muscular. Agora, como montar um circuito de treino power sem se lesionar e garantindo o melhor desempenho? Leia algumas dicas sobre o assunto.

Procure um personal trainer

Se o profissional de educação física da academia não fizer isso por você, é hora de procurar um personal. Ele combinará e alternará os exercícios de tal forma que garantirá os estímulos que seu corpo mais precisa, acelerando seu metabolismo para garantir os melhores resultados.

Exercícios alternados

Alternar os exercícios permite que eles não fiquem monótonos e se trabalhe mais de um grupo muscular ao mesmo tempo. Por exemplo, você pode alternar flexões de braço com o avanço com passada, segurando halteres ou anilhas. O ideal é fazer cada hora uma série de cada, até terminar três de cada uma. O ideal é que o profissional que estiver te acompanhando defina o nível de seu preparo físico para não gerar lesões por excesso de treino.

Não esqueça das pausas

As pausas entre exercícios te parecem insuportáveis? Você preferia ir direto para o outro aparelho? Pois saiba que as pausas são, junto com a boa alimentação e o sono adequado, o que ajuda seus músculos a serem definidos e aumentarem. Converse com o profissional que te acompanha para definir pausas que não sejam nem muito curtas, nem muito longas.

treino power

E agora?

Para garantir que você poderá conquistar seus objetivos, observe esse exemplo de treino power. Ele pode ser realizado em casa, gastando até 800 calorias e garantindo emagrecimento e definição muscular.

Pular corda – Excelente exercício para tonificar as panturrilhas e acelerar o coração, pular corda ajuda seu corpo a se aquecer para as próximas rodadas. Comece com vinte pulos e aumente gradualmente até estar um minuto inteiro pulando.

Agachamento – Isso fortalecerá as pernas como nada igual! Afaste as pernas com os pés para fora e apóie-se em algo para não perder o equilíbrio enquanto se agacha. Comece com vinte repetições e vá avançando com o tempo até chegar a sessenta delas.

Agachamento (fechado) – Dessa vez, você deve afastar os pés apenas na distância dos ombros e manter os braços esticados à frente. Agache-se até onde for possível, tentando manter a coluna reta. Comece com dez repetições e com o tempo, chegue a sessenta.

Flexão – Deite-se no chão apoiando-se nas palmas das mãos, flexionando um pouco os cotovelos, e nas pontas dos pés. Se você for iniciante, pode apoiar-se nos seus joelhos. Desça seu corpo para o chão enquanto dobra os braços, e depois levante-o de volta.

Prancha – Aproveite a proximidade com o chão para fazer uma prancha, apoiando-se nos pés e nos cotovelos com o abdômen contraído.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar