Antioxidantes

A todo o momento ouve-se falar: tal alimento é rico em antioxidantes, ajuda a prevenir o envelhecimento precoce pois destrói os radicais livres! Um chá determinado, rico em antioxidantes, ajuda a remover as toxinas do corpo! Mas, afinal, o que são antioxidantes? Quais são suas propriedades, e que alimentos são ricos em antioxidantes? Se quiser saber mais, leia esse artigo e se informe.

antioxidantes

O que são radicais livres?

Antes de falar sobre antioxidantes, temos que explicar o que eles combatem: os radicais livres. Esse é o nome para designar certas moléculas que surgem em reações normais do nosso organismo – como fazer exercício e respirar – e acabam criando reações de oxidação em cadeia, danificando e destruindo células no caminho.

O que são antioxidantes?

Eles são responsáveis por bloquear ou retardar o dano oxidativo causado pelos radicais livres. Eles podem proteger as células, repará-las quando estão danificadas, se ligar a certas toxinas e agir desintoxicando o organismo. Alguns são produzidos no próprio corpo, como a catalase, a glutationa e o superóxido desmutase. Outros, são absorvidos através da alimentação e estão presentes em frutas, verduras e cereais integrais. Uma dieta rica e variada oferece antioxidantes variados, melhorando o sistema imunológico e prevenindo diversos males, além do efeito antienvelhecimento já conhecido através de estudos.

Tipos de antioxidantes

Os antioxidantes se dividem basicamente em dois grupos, os hidrofílicos e os hidrofóbicos. Os primeiros são solúveis em água, reagindo principalmente dentro do líquido celular e na corrente sanguínea. Antioxidantes hidrofóbicos são solúveis em lipídios e protegem a membrana celular.

Funções

  • Vitamina A – De ação preventiva, afasta o risco de diversos cânceres incluindo: mama, pele, bexiga, estômago, retal ou cólon.
  • Vitamina C – Tem o papel de proteger o organismo contra o aparecimento de tumores malignos.
  • Vitamina E – Impede o dano de radicais livres especialmente nas articulações e nos olhos.
  • Flavonídes – Incluindo aqui o licopeno, famoso por suas propriedades capazes de afastar o risco do câncer de próstata, os flavonídes destroem os radicais livres e previnem doenças do coração.
  • Catequínas – Ajudam no tratamento de certas doenças infecciosas ou cardiovasculares.

 Alimentos que contém antioxidantes

  • Frutas e frutas secas: Melão, damasco, manga, laranja, limão, acerola, mamão, nozes, castanhas, morango, uvas, abacaxi.
  • Verduras: Couve, espinafre, brócolis, pepino.
  • Legumes: Batata doce, cenoura, abóbora, tomate.
  • Alimentos de origem animal: Carne vermelha e branca, leite, gema de ovos.
  • Sementes e cereais: Arroz, trigo, aveia, linhaça.
  • Ervas: Açafrão, cavalinha, dente-de-leão, sálvia.

Se não for possível consumir antioxidantes através de sua dieta, converse com um nutricionista e ele te receitará um suplemento de antioxidantes. A ciência está estudando esse tipo de suplementação em relação à prevenção de determinadas doenças, mas ainda não se sabe se o estresse oxidativo é a causa ou resultado do aparecimento de doenças como o câncer. A ênfase desses estudos tem sido, principalmente, em doenças cardiovasculares e neurodegenerativas. Um resultado, entretanto, já descoberto, é que o excesso de suplementação de antioxidantes pode ter consequências nocivas para o organismo, então vale a pena conversar com um médico especialista antes de fazer uso indiscriminado dessas substâncias.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar