Gelol: Conheça aqui suas versões e a composição deste medicamento!

Gelol

Quando temos uma dor muscular ou machucados no corpo (geralmente provenientes de esportes ou atividades físicas) a primeira coisa que vem na cabeça é usar gelol. Mas afinal, pra que ele serve exatamente?

Onde comprar?

O Gelol, e suas versões, podem ser encontrados em diversas farmácias e drogarias. Hoje você consegue comprar este medicamento inclusive online. Caso queira conferir opções e preços na Onofre, basta clicar nos botões abaixo:

Pra que serve o gelol?

É um medicamento que age como anestésico e anti-inflamatório, proporcionando uma sensação de frescor (pela efeito de “frio” que proporciona) e alívio da dor. É indicado para os casos de reumatismo, nevralgias, torcicolos, contusões e dores musculares. Pelos seus compostos, o remédio age para ajudar a circulação do sangue no local machucado. Consequentemente leva as toxinas provenientes da lesão embora e acelera o processo de cicatrização. O gelol pode ser adquirido nas versões: pomada, aerosol e linimento.

Composição do gelol

O princípio ativo do gelol é o Salicilato de Metila. Dependendo da versão do medicamento em pomada, aerosol ou linimento, as quantidades e alguns componentes mudam.

Versão pomada

Cada grama da pomada contém:

  • Salicilato de metila: 52,50mg
  • Cânfora: 44,40mg
  • Mentol: 20,0mg
  • Terebintina: 191,47mg
  • Excipiente q.s.p: 1,00g

(essência de mostarda, essência de alecrim, essência de alfazema, butil-hidroxitolueno, parafina, petrolato líquido e petrolato branco).

Versão aerosol

Cada mL de solução aerossol contém:

  • Salicilato de metila: 0,0333mL
  • Cânfora: 0,0333g
  • Mentol: 0,0083g
  • Terebintina: 0,0833mL
  • Veículo q.s.p:1,00mL

(essência de mostarda, essência de alfazema, álcooletílico e butano).

Gelol

Versão Gelol linimento

Cada mL de linimento contém:

  • Salicilato de metila: 75,0mg
  • Cânfora: 57,6mg
  • Mentol: 14,4mg
  • Terebintina: 125,5mg
  • Veículo q.s.p: 1,00mL

(essência de mostarda, essência de alfazema, triglicérides de ácido graxo e álcool etílico).

Como usar e preços do gelol

O gelol varia o modo de uso e preço dependendo da sua versão. Todos devem ser conservados em temperatura ambiente, protegidos da luz e umidade e aplicatidos na pele limpa. Em caso de esquecer de aplicar o medicamento no dia, deve continuar o tratamento normal, sem dobrar a quantidade da dose. O tempo de uso do remédio pode variar muito, mas em questão de alguns dias já é possível observar uma melhora.

Principais versões do Gelol

Pomada

Gelol

A versão em pomada deve ser aplicada sobre a parte dolorida em forma de massagem. É indicado aplicar na região de 2 a 3 vezes ao dia, dependendo da gravidade da lesão. O preço sai de R$13 a R$16 reais.

Aerosol

Gelol

Na versão spray, é necessário agitar o tubo e depois aplicar na área afetada no máximo 3 vezes por dia até a melhora. É importante tomar cuidado para não inalar o produto e proteger os olhos durante a aplicação. Você pode comprar nos valores de R$25 a 33 reais.

Gelol linimento

Gelol

Em forma líquida, deve-se aplicar uma pequena porção na área afetada fazendo uma massagem, de uma a 3 vezes por dia. O preço varia de R$14 a R$18 reais.

Gelol genérico

Existem algumas versões genéricas, apesar de que o gelol original é a melhor opção.

  • Pratigel: a partir de R$7 a R$10 reais;
  • Frixopel gel: de R$7 a 13 reais;
  • Fumentol: a partir de R$12 reais;
  • Massageol: de R$8 a R$15 reais.

Contraindicação

Há algumas contraindicações para pacientes pelo composto salicilato de metila, como pessoa que têm:

  • Dispepsia;
  • Lesões da mucosa gástrica;
  • Hemofilia ou outros distúrbios hemorrágicos;
  • Antecedentes de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Se a pele estiver ferida ou em mucosas;
  • Mulheres grávidas sem orientação médica;
  • Crianças menores de 2 anos de idade.

Deve ser administrado com cuidado para pacientes:

  • Asmáticos;
  • Com problemas alérgicos;
  • Com alteração da função renal e hepática.

Gelol

Efeitos colaterais

Reações adversas pelo uso do gelol, em sua maioria, está relacionada com o trato gastrintestinal. Além de outras:

  • Náuseas;
  • Dispepsia;
  • Vômitos;
  • Irritações da mucosa gástrica, como: erosões, ulcerações, hematêmese e melena;
  • Coceiras;
  • Vermelhidão;
  • Pele sensível ao toque;
  • Perda sanguínea assintomática;
  • Pessoas asmáticas, com urticária e rinite crônicas têm mais sensibilidade ao salicilato, que pode provocar piora da urticária, outras erupções cutâneas, angioedema, rinite e broncoespasmo severo.

Gelol funciona mesmo?

Há um estudo com 50 pessoas com diagnósticos variados nos quais são indicados o uso do gelol. Foi feito com pacientes adultos do sexo feminino e masculino, com idade de 18 a 60 anos. Após o tratamento com o medicamento, foi reduzido os sintomas da dor em 100% dos pacientes. Então é comprovado que funciona mesmo!



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar