Risperidona: Para que serve, posologia, contraindicações e outros detalhes… Saiba aqui!

Problemas relacionados à bipolaridade e outros distúrbios psicóticos tem se tornado cada vez mais frequentes. Quando esses casos alcançam certa gravidade, dificilmente o tratamento consegue ser feito de forma eficaz sem algum medicamento para auxiliar. E dentre vários remédios indicados para esse tipo de problema psicológico, está o Risperidona.

Para que serve a Risperidona?

Como citado, o Risperidona é um medicamento que pode auxiliar no tratamento em casos de pessoas que sofrem de bipolaridade e outros tipos de distúrbios psicóticos. Além disso, o remédio pode ser indicado para:

  • Casos de esquizofrenia;
  • Distúrbios mentais como: alucinações, delírios, desconfiança excessiva e isolamento social e emocional;
  • Crises fortes de ansiedade;
  • Transtorno de comportamento (principalmente em casos de agressão física e verbal);
  • Demência ou mania que gerem comportamentos negativos.

Como funciona?

A ação do Risperidona no organismo é fazendo com que a mente possa ser controlada e permaneça em equilíbrio no dia a dia. Ele age diretamente nos sintomas enfrentados por quem sofre dos problemas citados acima, regulando as emoções confusas despertadas. Sendo em sua maioria: ansiedade, alucinações, confusão, tensão, agressividade e distúrbios de percepção.

Ele pode ser usado apenas durante esse tipo de crises psicológicas, mas há casos em que o medicamento é usado a vida inteira. Para poder controlar as crises recorrentes e poder ter uma melhor qualidade de vida sem o eterno medo das recaídas.

Risperidona: Posologia

Como todo remédio controlado, o Risperidona deve ser indicado e orientado por um médico especialista (um psiquiatra para ser mais específico). A posologia irá depender muito do quadro (ser mais grave ou não), o histórico do paciente (tanto de tratamentos quanto psicológico) e também se há ou não acompanhamento com um psicólogo em conjunto com o tratamento.

Mas de forma geral, os fabricantes do medicamento indicam que o uso do Risperidona seja feito apenas por adolescentes acima de 15 anos e adultos. O comprimido deve ser tomado de uma a duas vezes ao dia, no intervalo das principais refeições ou junto com elas. Não é indicado que seja tomado mais do que 2 comprimidos diários, pois há o risco de superdosagem. Isso pode acarretar sintomas ruins como sonolência, tremor, contração excessiva do músculo e perda da consciência. Nesses casos, a ordem é procurar um hospital imediatamente.

Tem contraindicações?

Sim! Por ser um medicamento forte, o Risperidona tem algumas contraindicações. Em caso de dúvidas, sempre procure um médico para confirmar a viabilidade do remédio para o seu caso e histórico médico. Ele não é indicado nos casos de:

  • Alergia ou hipersensibilidade ao Risperidona ou outros componentes usados na fórmula;
  • Crianças e adolescentes com menos de 15 anos de idade;
  • Gestantes e lactantes devem suspender o uso do remédio de forma temporária.

risperidona febre

Efeitos colaterais da Risperidona

Os efeitos colaterais podem ser levianos ou mais graves, isso irá depender de como o seu organismo responde ao medicamento. Na maioria dos casos, os sintomas relatados com o tratamento do Risperidona são:

  • Insônia
  • Agitação e ansiedade
  • Dor de cabeça
  • Cansaço excessivo
  • Dificuldade em se concentrar em tarefas do dia a dia
  • Problemas gastrointestinais como: náusea, prisão de ventre, dor abdominal e má digestão
  • Contrações musculares com maior frequência no rosto
  • Alterações na respiração
  • Sudorese
  • Febre alta
  • Desatenção (por esse motivo pessoas que fazem tratamento com esse medicamento são orientadas a não dirigirem ou fazerem atividades de risco, como manuseio de máquinas de trabalho)

Risperidona engorda?

Essa é uma pergunta muito recorrente quando se fala de medicamentos desse tipo. A verdade é que o Risperidona pode sim deixar o corpo mais tendencioso ao ganho de peso. Por isso é preciso tomar cuidado com a alimentação, que deve ser pensada da forma mais saudável possível. É muito recomendado a prática de atividades físicas também, não só pela parte estética e saúde física, mas para a mente.

Dá sono?

Esse medicamento costuma dar mais como efeito colateral a insônia do que o sono. Mas como cada organismo funciona de uma forma, em algumas pessoas pode ser que haja uma sonolência maior.

Quanto custa a Risperidona?

O preço pode variar bastante, dependendo do lugar, marca e a quantidade de comprimidos que vem na caixinha. Em geral, você pode encontrar 1 caixa com 30 comprimidos de 1 mg pelo preço em torno de R$40 a R$50 reais.

0 Compart.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar