Amaranto: Conheça mais sobre esse poderoso grão!

amaranto

Apesar de ainda pouco conhecido no Brasil, o Amaranto tem ganhado espaço na rotina alimentar de muita gente, por ser um grão rico em nutrientes, com diversas propriedades benéficas à saúde – dentre elas a capacidade de parar o crescimento de tumores e por contribuir no processo de emagrecimento.

Também é conhecido por “feijão dos Andes” e está sendo chamado de “a nova linhaça” por turbinar a saúde, sendo uma ótima opção para os celíacos, pois não contém glúten.

É mais comumente consumido em flocos, grãos ou em forma de farinha adicionado a vitaminas, sucos e frutas. Também é vendido como óleo, beneficiando a beleza da pele e dos cabelos.

Onde comprar o Amaranto? Quanto custa?

Você pode encontrar o amaranto em lojas de grãos, supermercados e casas de produtos naturais, e em geral é um produto barato. Caso queira comprar pela internet, indicamos uma loja com ótimos preços e opções de frete! Confira:
botão natue

Quais são as suas propriedades?

O amaranto oferece vários benefícios para a saúde, a beleza e a boa forma:

  • Ajuda a reduzir o “colesterol ruim” (LDL) e doenças cardiovasculares, pois é rico em fitoesterois, que atuam no intestino impedindo que boa parte da gordura ingerida seja absorvida pelo organismo;
  • Tem mais proteína que o arroz e o trigo, e tanta quanto o leite e o queijo, mas são mais solúveis e digeríveis, o que facilita a digestão, e é uma boa opção para quem tem intolerância à lactose e não pode ingerir proteína animal;
  • Contribui para a redução da hipertensão, porque contém compostos fitoquímicos como o nicotiflorin, a rutina e outros peptídeos;
  • É adstringente, facilitando a redução de inchaços;
  • Diminui a retenção de líquidos;
  • Auxilia no ganho de massa muscular, pois é rico em aminoácidos naturais. Também é muito usado no pós treino para ajudar a regenerar a musculatura;
  • Pode substituir alguns tipos de suplementos de proteínas concentradas como o Whey Protein (soro do leite) e a Albumina (ovo), por exemplo;
  • Nutricionalmente se compara a um prato de feijão com arroz e pode substituir o arroz ou o macarrão;
  • O óleo de amaranto é vendido como um produto de beleza, porque seu alto teor de colágeno beneficia a pele e cabelos de várias formas: nutre e hidrata a pele, dá elasticidade e firmeza, ajuda na cicatrização de manchas de acne, cicatrizes e nas inflamações como a celulite, devolve a vitalidade e resistência dos fios, entre outros;
  • É antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce;
  • Tem grande quantidade de vitamina C, que ajuda a melhorar o sistema imunológico;
  • A vitamina A e o beta-caroteno previnem o aparecimento de catarata.

Além disso, é um ótimo aliado na perda de peso. Vejamos:

Emagrece?

O amaranto realmente ajuda no processo de emagrecimento, pois ele é um alimento com várias propriedades que favorecem a boa forma:

  • É rico em fibras, que proporciona sensação de saciedade e ajuda no funcionamento intestinal;
  • Os fitoesterois dificultam a ingestão da totalidade da gordura ingerida;
  • A dose ideal recomendada por dia (45g) tem muitos nutrientes e poucas calorias (167 Kcal).

Para potencializar o efeito e reduzir a fome, você pode tomar um suco ou chá de amaranto antes das refeições. Como não tem sabor, uma opção para o chá é misturar com cravo e/ou canela. Nos sucos, com a sua fruta preferida, lembrando que o abacaxi pode maximizar ainda mais a perda de peso, pois a fruta acelera o metabolismo.

Como consumir o amaranto?

O amaranto é muito versátil, e pode ser consumido de diversas formas. Nas refeições, você pode cozinhar o amaranto em flocos como o arroz, ou substituindo a farinha de trigo no preparo de massas de pão, bolo ou biscoitos.

A forma mais comum e simples de consumir o amaranto é como complemento nutricional de sucos, frutas, iogurtes e vitaminas, usando tanto a farinha como os flocos. Como quase não tem gosto, o amaranto não interfere no sabor dos alimentos.

Você também pode aquecer os grãos, colocando numa panela sem óleo e esperando estourar como grãos de milho. A “pipoca de amaranto” tem um sabor muito parecido com o das nozes.

Suas folhas e grãos também são usados em chás, molhos e sopas.

Atenção: Todo grão tem ácido fítico e toxinas que podem causar alguns desconfortos e efeitos desagradáveis, como a síndrome do intestino irritado e só são eliminadas em contato com a água. Por isso, a recomendação é que o amaranto não seja consumido cru. Cozinhe os flocos por pelo menos 10 minutos antes de consumir, ou deixe os grãos de molho por algumas horas (de 8 a 12 horas), eliminando a água em seguida. O molho faz com que as substâncias contidas nos grãos e sementes anulem o efeito do ácido fítico, além de potencializar seus benefícios nutricionais.

Quem não deve consumir?

A grande concentração de proteínas pode sobrecarregar os rins, e por isso deve ser evitado por pessoas com problemas renais. Os diabéticos também devem consumir com moderação, pois o amaranto tem um alto índice glicêmico.

Apesar de todas as suas propriedades benéficas à saúde, lembre-se sempre de consultar um médico ou nutricionista antes de incluir o amaranto ou qualquer outra substância na sua dieta, principalmente se você tem alguma restrição alimentar ou doença.

Confira mais sobre este incrível grão neste vídeo:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,67 do total de 5)
Loading...

Comentar