Candidíase: O que é? Tem cura? Como tratar? Veja aqui!

mulher com candidíase

Existem alguns tipos de infecções e problemas na saúde que nos deixam meio sem graça de comentar até com as amigas e preocupadas com a sua procedência, não é mesmo? Um desses tipos de problemas é a candidíase, uma infecção que acomete nossos órgãos genitais e faz com que muitas dúvidas surjam. Afinal, como ela surge? É uma DST (doença sexualmente transmissível)? Tem cura?

A verdade é que a candidíase acontece, em sua maioria, por motivos mais simples que você pensa e que está dentro do seu próprio corpo. Por isso, não tenha vergonha de conversar com sua amiga sobre isso, ainda mais depois de ler esse artigo e entender direitinho sobre essa infecção!

O que é Candidíase?

Como citado, a candidíase é um tipo de infecção que pode acontecer tanto nos homens quanto nas mulheres, sendo que no sexo feminino é mais comum o surgimento. Ela é causada pelo crescimento em grande quantidade de um fungo que normalmente já existe em nosso organismo, chamado de Candida. A candidíase acontece quando a quantidade desse fungo fica descontrolada e acontece uma proliferação exagerada dele. Essa reprodução exagerada do Candida costuma acontecer quando o nosso corpo está fraco, ou seja, quando a nossa imunidade fica baixa, podendo também estar associado a outros motivos que predispõem esse quadro.

mulher com candidíase

Quais são os sintomas?

Os sintomas da candidíase costumam ser bem peculiares e são facilmente diagnosticado. Os principais são:

  • Intensa coceira na região genital, principalmente após o banho;
  • Vermelhidão e inchaço na região genital;
  • Placas esbranquiçadas na vagina ou na cabeça do pênis;
  • Corrimento esbranquiçado parecido com leite talhado;
  • Dor e incômodo na hora de urinar.
  • Desconforto ou dor durante a relação sexual.

É importante ressaltar que mesmo que você note todos esses sinais e tenha certeza do diagnóstico, é indicado que você sempre procure um médico especialista para confirmar a infecção, saber da sua intensidade e indicar o tratamento adequado para o seu caso. Alguns sintomas podem ser confundidos com vaginite, herpes ou gonorreia.

Quais as causas?

Além de poder contrair a candidíase quando a imunidade abaixa, existem algumas ações que podem facilitar a proliferação do fungo Candida e levar a infecção. São eles:

  • Relação sexual sem preservativo (é importante destacar que a candidíase não é considerada uma DST – doença sexualmente transmissível – mas pode ser transmitida pelo sexo desprotegido com parceiro contaminado);
  • Uso frequente de anticoncepcionais, antibióticos e corticoides;
  • Gravidez;
  • Período de menstruação;
  • Uso de absorventes por mais de 3 horas seguidas.
  • Doenças que afetam o sistema imune como: diabetes, Aids, HPV e lúpus.
  • Uso de roupas molhadas e apertadas por muito tempo e com certa frequência;

mulher com candidíase

Candidíase tem cura?

Sim, a candidíase tem cura. Mas é também importante ressaltar que se ela não for tratada corretamente pode virar uma infecção persistente e presente no organismo. Assim, ela se torna recorrente e pode acontecer mais vezes com intervalos pequenos de tempo, podendo ocorrer por várias vezes no mesmo ano.

Também em casos que a infecção evolui sem nenhum tratamento ou que existe depressão do sistema imunológico, a candidíase pode atingir órgãos vitais gerando complicações nos pulmões, rins entre outros. Por isso é de extrema importância que a pessoa procure orientação e tratamento correto.

Viver sem Candidíase: Tratamento para candidíase

O Viver sem Candidíase é um material completo, com todas as informações e dicas que você precisa saber para se livrar do problema de uma vez por todas. Ele foi criado pela Camila Maia, que sofreu com o problema por 3 anos e depois de muita pesquisa e teste descobriu tudo que precisava para se livrar do problema.Como conseguiu resolver seu problema, ela decidiu compartilhar com todo suas descobertas e assim ajudar qualquer um que queira se livrar do problema de vez.

Onde comprar?

O Viver sem candidíase é vendido através do seu Site Oficial. Se você deseja saber mais sobre esse material clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial do produto.

Como é o tratamento para candidíase?

O tratamento para a candidíase costuma funcionar com pomadas e remédios que eliminam fungos (antifúngicos). As pomadas são aplicadas na região genital e o remédio tomado de forma oral. Geralmente o tratamento é feito de 3 até 14 dias, dependendo do nível da infecção. Além disso há recomendações para ajudar a acelerar o tratamento e que podem ser partes do dia a dia para evitar futuras candidíases:

  • Optar por roupas íntimas de algodão que ajudam que a pele respire melhor;
  • Dormir sem roupa íntima;
  • Não usar produtos na região genital que não sejam sabonete neutro ou sabonete íntimo;
  • Evitar absorventes internos;
  • Evitar relações sexuais.

Remédios naturais para candidíase

Além dos remédios e pomadas indicados pelo médico para o tratamento da candidíase, existem alguns remédios naturais que podem ajudar na melhora da infecção e um deles é o Iogurte natural.

Esse remédio natural ajuda a diminuir a acidez da região. Isso faz com que os fungos tenham dificuldade em se devolver (pois precisam de um ambiente mais ácido para se reproduzirem).

iorgute natural para tratamento caseiro

Como usar?

Ele pode ser feito de duas formas, uma delas é com uma seringa sem agulha. É só colocar o iogurte dentro da seringa e introduzir no interior da vagina 2 vezes por dia, durante 3 dias.

Outra forma é mergulhar um absorvente interno no iogurte e introduzir na vagina deixando-o agir por 3 horas.

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar