Hemorroidas: O que realmente são? Como posso tratá-las? Veja aqui!

Hemorroidas

Se tem uma coisa desconfortável e que gera muita vergonha, são as hemorroidas. Geralmente pelas piadas que vem acompanhando, é algo que se torna ainda mais incômodo e desagradável. Mas ela tem cura, em alguns casos o tratamento é bem simples e não tem nada do que se envergonhar: pode acontecer com muita gente.

O que são hemorroidas?

São veias inchadas que inflamam na parte interna ou externa do reto ou ânus e podem ser chamadas de: hemorroidas externas e hemorroidas internas.

Hemorroidas externas

Essas hemorroidas ocorrem na abertura anal, no qual se projetam para fora do ânus. É mais dolorida que a interna e mais chatinha de tratar.  Mas é mais fácil de diagnosticar porque o incômodo é bem peculiar. São sinais de hemorroidas externas:

  • Coceira na região do ânus;
  • Dor na região anal que fica pior ao sentar e ao evacuar;
  • Palpação de um ou mais nódulos na região anal;
  • Sangue após evacuar ou a limpar a região do ânus.

É importante destacar que quanto maior for o número e tamanho das hemorroidas, a dor se intensifica.

Tratamentos e dicas

Existem vários tratamentos para as hemorroidas que servem para também aliviar a dor enquanto ela não vai embora:

  • Banhos de assento (aquele em que você senta em uma bacia com água). Neste caso deve ser feito com água morna durante de 15 a 20 minutos. Eles servem para aliviar o inchaço e a dor.
  • Anti-inflamatórios e analgésicos como Paracetamol e Ibuprofeno ajudam também no alívio da dor.
  • Pomadas como Imescard, Ultraproct e Proctosan podem ajudar, além de aliviar a dor, diminuir o tamanho da hemorroida.
  • Dietas com muita fibra e se hidratar com bastante água é uma opção simples que também ajuda muito. Pois com a alimentação com fibra as fezes amolecem, o que facilita na hora da saída e faz com que você sinta menos dor.

Além dos tratamentos para aliviar a dor e inchaço, tem algumas coisas é importante evitar nesse período de tratamento:

  • É bom evitar passar o papel higiênico após a evacuação, pois o atrito do papel na região pode machucar mais e fazer com que sangre. O ideal é lavar com água e sabão;
  • Evitar fazer esforço para evacuar, o que também pode piorar a situação;
  • Evitar sentar em lugares muito duros, pois a dor só fica maior. Se a dor for muito intensa é recomendável colocar uma almofada com abertura no centro para se sentar.

Hemorroidas

Com esses tratamentos as hemorroidas podem sarar completamente de 7 a 30 dias. Vai depender do tamanho e da quantidade de hemorroidas. Quando o inchaço e sangue nas evacuações desaparecem e a dor diminuir (principalmente ao sentar e evacuar) são sinais que a hemorroidas sararam.

Se nada disso adiantar, em raros casos, as hemorroidas podem piorar e ficarem presas no ânus ou se romperem. Nesses casos é necessário uma cirurgia para tratá-las.

Hemorroidas internas

As internas, como diz o nome, são quando ocorrem na parte interna (dentro) do ânus ou na parte inicial do reto. Os sintomas são mais sutis e em alguns casos nem aparecem. Mas quando aparecem são parecidos com as das externas:

  • Dificuldade para defecar, que causa dor;
  • Fezes com sangue vermelho vivo;
  • Coceira no ânus;
  • Saída de um líquido esbranquiçado pelo ânus.

Como as hemorroidas internas nem sempre doem e incomodam tanto quantos as externas, o tratamento delas também são mais simples, apenas:

  • Comer alimentos com fibras como cereais, frutas e vegetais;
  • Beber no mínimo 2 litros de água por dia.

O que causa as hemorroidas?

Hemorroidas

Tanto as hemorroidas externas quanto as internas têm as mesmas causas:

  • Esforço para evacuar (o que acontece muito em quem sofre de intestino preso, porque ao forçar para evacuar acontece um aumento da pressão nas veias do ânus. O que faz com que elas inchem e no caso das externas, saiam para fora);
  • Diarreia crônica;
  • Infecções anais;
  • Permanecer sentado por longos períodos e em lugares duros;
  • Dieta pobre em fibras.

Além dessas causas, há fatores e tipos de pessoas que têm mais facilidade para o aparecimento das hemorroidas:

  • Pessoas idosas: conforme a pessoa envelhece, as paredes das veias enfraquecem. O que consequentemente leva a um desgaste dessas veias que causam o inchaço e inflamação;
  • Grávidas: pelas grávidas terem muita prisão de ventre, as fezes ressecam e a grávida tem mais dificuldade para evacuar. O que faz com a gestante faça mais força na hora de defecar. Outro fator é que na gravidez as veias se dilatam mais ao redor do ânus e do reto, o que aumenta a pressão no local;
  • Pessoas obesas: o excesso de peso aumenta a pressão abdominal na pélvis;
  • Pratica do sexo anal: o sexo anal não provoca as hemorroidas, mas para quem tem casos na família, pode ser que isso desencadeie o problema;
  • Histórico familiar.

E aí, tiramos suas dúvidas? Conta pra gente!

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 do total de 5)
Loading...

Comentar