Remédios para ansiedade

Descubra se os remédios para ansiedade ajudam ou pioram o problema

A ansiedade é um problema cada vez mais comum entre as pessoas que veem como solução a busca por tratamentos com remédios para ansiedade. Embora devam ser prescritos sempre por médicos e profissionais capacitados, os remédios para ansiedade ajudam ou pioram o problema?

remédios para ansiedade

Como remédios para ansiedade podem ajudar o problema

Os remédios para ansiedade, que podem ser tranqüilizantes ou ansiolíticos, são, naturalmente, eficazes no tratamento e controle de transtornos de ansiedade, sendo responsáveis pela melhora no quadro geral de muitos pacientes.

 

  • Diminui os sintomas

 

Usados da maneira correta, os remédios para ansiedade diminuem os sintomas dos transtornos, especialmente durante as crises. Assim, a pessoa sente menos os efeitos físicos, como dor de cabeça ou enjôos, além de ajudar nos sintomas psicológicos, como estresse e sensação de angústia.

 

  • Ajuda o paciente a se focar

 

Além disso, transtornos de ansiedade quando são controlados, inclusive com remédios para ansiedade, permitem que o paciente foque-se e tenha mais concentração nas tarefas diárias, como no trabalho ou nos estudos.

 

  • Melhora a qualidade de vida

 

De uma forma geral, os remédios para ansiedade quando usados do jeito certo podem aumentar a qualidade de vida dos pacientes, que, normalmente, se sentem mais felizes e, obviamente, menos ansiosos.

Como remédios para ansiedade podem piorar o problema

Já quando não são prescritos por um profissional, quando são prescritos incorretamente ou quando não são aliados a outros tratamentos, como as terapias, os remédios para ansiedade podem ter o efeito contrário e piorar o problema.

 

  • Aparecimento dos efeitos colaterais

 

Efeitos colaterais como dificuldade para engolir, perda de apetite e tontura podem surgir com os remédios para ansiedade, piorando o problema e prejudicando a qualidade de vida do paciente.

 

  • Perda de interesse

 

Outro fator muito comum principalmente relacionado à falta de terapia é a falta de interesse e letargia em geral, com o indivíduo se tornando apático às situações ao seu redor e igualmente prejudicando sua qualidade de vida.

 

  • Dependência química

 

Quando usados da maneira incorreta, exagerada ou desassistida, os remédios para ansiedade podem levar à dependência química e com o organismo desenvolvendo a tolerância à medicação isso piora o problema, já que a ansiedade não é tratada corretamente e a ela é adicionada uma dependência.

Remédios para ansiedade para crianças

Embora algumas crianças com transtornos como o de Déficit de Atenção (TDAH) necessitem de remédios para ansiedade é preciso muito cuidado ao administrar esse tipo de medicação para crianças, já que muitas vezes o diagnóstico pode ser feito de maneira incorreta.

Assim, uma criança antes questionadora, ativa e curiosa se torna apática e sem interesse devido ao uso indiscriminado de remédios para ansiedade. Dessa forma, o ideal é sempre procurar uma segunda opinião e também tratamentos alternativos aos remédios.

Logo, os remédios para ansiedade podem ajudar o problema quando usados da maneira correta, mas em alguns casos, especialmente quando não são aliados a terapia, podem terminar piorando e aumentando o problema.

Recomendamos para você:

Share this post

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comentar