Vigorexia: Causas, sintomas, tratamento! Veja aqui!

vigorexia

Na atualidade a preocupação com aparência e o corpo faz parte do dia-dia da sociedade.  Mas o desejo exacerbado de se sentir dentro de um padrão pode trazer serias consequências. Com a cultura ao corpo se tornando cada vez mais comum, novas patologias relacionadas a imagem vão ganhado destaque. Anorexia, bulimia, transtornos alimentares e entre tantas outras. Hoje vamos entender melhor uma patologia não muito conhecida, mas que pode trazer sérias consequências. Vamos falar da vigorexia!

O que é Vigorexia?

Também conhecida como complexo de Adônis e Transtorno Dismórfico Muscular (TDM), a Vigorexia é caracterizada pela distorção da autoimagem e uma obsessão em ter um corpo muito musculoso. As pessoas que apresentam essa condição, estão constantemente insatisfeitos com a própria imagem, enxergando o corpo mais magro do que ele realmente é. Essa distorção leva a uma prática excessiva de atividades físicas e, muitas vezes, ao uso de anabolizantes.

O termo Transtorno Dismórfico Muscular é utilizado pela ciência para definir a condição, onde o Dismórfia significa a diferença entre como a pessoa realmente está e em como ela se enxerga. No caso da vigorexia, a pessoa sempre acredita que não está com músculos suficientes.

Alterações no comportamento e na rotina são comuns nos casos de Vigorexia. As pessoa passa horas se exercitando, muitas vezes abrindo mão de atividades sociais, trabalho, entre outros.

Quais suas características?

A vigorexia ainda não foi reconhecida como doença pelo órgão normativo: Manual estatístico de doenças mentais (DSM). Porém, algumas características podem ser observadas quando se trata da Vigorexia. São elas:

  • Mais comum em Homens.
  • Se caracteriza pela busca excessiva de músculos.
  • As pessoas que sofrem da patologia, geralmente, têm vergonha do próprio corpo.
  • Os vigoréxicos, recorrem a outros meios, como anabolizantes e alimentação desregulada para acelerar o processo de hipertrofia.
  • A consciência dos perigos da prática excessiva de atividade física e do uso de substâncias ilegais, não é capaz de impedir o impulso que eles sentem em relação a obtenção dos músculos.

vigorexia

O que causa a vigorexia?

As causas que levam a vigorexia são várias, mas acredita-se que as principais causas sejam psicológicas. As causas estão ligadas a visão que pessoa tem de si mesmo, visão que não condiz com a realidade. Sabemos que hoje existe muita preocupação com a aparência, mas para que a vigorexia se apresente é preciso que aja uma grande insatisfação com o próprio corpo, o que leva a quadros de sofrimento e depressão.

Existem ainda pesquisadores que acreditam que a vigorexia pode estar ligada a um distúrbio genético ou desequilíbrio químico no cérebro.

Outro fator muito citado entre as causas da vigorexia é os padrões inacessíveis  de beleza e para o corpo que são impostos pela mídia e pela sociedade

Sintomas

  • Distorção da própria imagem
  • Preocupação excessiva com próprio corpo
  • Recorrer a suplementos alimentares de forma exacerbada
  • Atividades físicas em excesso e treinos extremos
  •  Recorrer a dietas muito rigorosas
  • Abuso de anabolizantes
  • Irritabilidade
  • Depressão
  • Insônia
  • Impotência sexual

Tratamento

Assim como nos casos de outros distúrbios relacionados ao corpo e a imagem, geralmente as pessoas que têm vigorexia não sabem da sua condição, por tanto não procuram ajuda. Essa situação caba dificultando o tratamento. E por isso a ajuda e dedicação da família e amigos são de extrema importância.

Tratamentos com base em terapia são muito utilizados nesses casos. Porém várias áreas devem ser trabalhadas durante o tratamento, uma vez que a patologia atingi o individuo de diferentes formas. Para o tratamento é necessários suspender os uso dos suplementos alimentares, abolir o uso de anabolizantes, realizar uma reeducação alimentar, onde a pessoa irá aprender a se alimentar de forma equilibrada, seções de terapia, para que se possa entender os aspectos psicológicos que afetam a pessoa que apresenta essa condição e se necessário o uso de remédios para controlar o comportamento obsessivo e a ansiedade.

Tem alguma dúvida sobre a vigorexia? Deixe seu comentário!

Recomendamos para você:



1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 do total de 5)
Loading...

One thought on “Vigorexia: Causas, sintomas, tratamento! Veja aqui!

Comentar