O papel da suplementação alimentar no ganho de performance

Atividades físicas e sua importância para saúde do corpo e da mente são fatos conhecidos e praticados, acredita-se, desde antes de cristo, quando Platão criou a primeira escola em homenagem a um herói ateniense que recebeu o nome de Akademia. Hoje, amplamente difundidas e integradas ao estilo de vida de muitos, as academias contam, não apenas com a evolução da tecnologia, mas também do conhecimento humano, com a ajuda da ciência.

suplementos-para-emagrecimento

Os cuidados com o corpo e a mente são como um ciclo interligado, por exemplo, os músculos precisam dos alimentos certos para funcionarem e o atleta precisa dos músculos em pleno funcionamento para exercer sua prática com eficiência. Assim como precisamos da circulação em pleno funcionamento para ganho de ritmo e oxigenação do cérebro, ou de práticas de alongamento para ganhar flexibilidade muscular e, consequentemente, amplitude do movimento e ganho de performance. Não há como fugir da necessidade de se ater ao todo mesmo quando se pretende dedicar à partes específicas do corpo, o desenvolvimento de um músculo depende do bom funcionamento de toda estrutura corporal.

São poucos os que ignoram o fato de que a prática de uma atividade física, qualquer que seja, não depende apenas do esforço físico de horas em prática, mas de todo o cuidado em geral que se tem com seu corpo e mente no dia-a-dia. E a alimentação é peça fundamental neste quebra-cabeça de inúmeras peças que envolvem a melhora na qualidade de vida do ser humano.

Sabemos que a suplementação alimentar são preparações destinadas a complementar uma dieta, fornecendo nutrientes essenciais como proteínas, carboidratos, vitaminas, fibras, ácidos graxos, etc. E também que a complementação alimentar é dividida em duas categorias: Suplementos dietéticos e os auxiliadores ergogênicos. Apesar de toda a polêmica que envolve esta divisão e dualidade na opinião entre especialistas, principalmente quanto aos suplementos ergogênicos que, em alguns casos, se aproxima ao doping, algumas evidências são amplamente aceitas. A principal delas é quanto ao ganho de performance consequente da complementação alimentar.

Mesmo que este ganho não seja um benefício direto, como acreditam alguns especialista no caso dos suplementos dietéticos, é inegável que este ponto seja um ganho consequente para o atleta que busca na suplementação alimentar uma complementação da sua dieta. Isto porque, como dito acima, os cuidados com a saúde do seu corpo fazem parte de um grande quebra-cabeça cujas as peças estão diretamente ligadas entre si.

Resumindo, a alimentação adequada, garante mais tempo de prática o que gera ganho de performance. Por exemplo, um atleta que faz a ingestão da proteína whey após treino, está se beneficiando com o aumento da capacidade de síntese proteica muscular, logo, ganhando massa magra, o que gera obrigatoriamente ganho de força e, por fim, performance. Simples assim!

Recomendamos para você:

Share this post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Votos Ainda)
Loading...

Comentar